Social

Mulher é brutalmente agredida em metrô após pedir que cantor utilizasse máscara

Após o ocorrido, uma porta-voz do metrô se pronunciou sobre o caso

Mulher é brutalmente agredida em metrô após pedir que cantor utilizasse máscara

Um vídeo compartilhado recentemente nas redes gerou revolta e repercutiu ao mostrar o momento em que uma mulher é agredida em um vagão da linha 5 do metrô de Santiago, no Chile, ao pedir que um cantor, que se apresentava no local, utilizasse máscara de proteção.

De acordo com detalhes compartilhados pelo portal Publimetro Chile, o debate aconteceu após a solicitação inicial da mulher, que logo terminou sofrendo diversos golpes do sujeito.

Ao analisar as imagens, pode-se perceber que embora a brutal agressão, ninguém tenta defender a mulher, incluindo militares que aparecem ao fundo, preparados para descer do trem.

Você pode se interessar por:

Cabe ressaltar que o uso de máscara é obrigatório em todo o país, além das demais medidas de proteção contra a atual pandemia de coronavírus.

Em entrevista a um canal local, a mulher, cuja identidade foi preservada, comentou sobre a situação e disse o seguinte: “O que me doeu no final foi que ninguém fez nada. Além do mais, eles o protegeram”, relatou. Ela ainda acrescentou: “Eu estou super sensível sobre a questão da covid, metade do meu consultório está infectado e parte da minha família também”, finalizou.

Por fim, Paulina del Campo, que é gerente de Clientes e Sustentabilidade do Metrô, também se pronunciou e disse o seguinte: “Quando ocorrerem ataques como o que afetou o nosso passageiro, o que lamentamos profundamente, é muito importante que sejam feitas as denúncias correspondentes para iniciar as investigações e para que a assistência judiciária prestada pelo Metrô de cobrar de seus passageiros em casos como este”.

Veja abaixo imagens do ocorrido:

+ SIGA LENDO ESTAS NOTÍCIAS

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos