logo
Entretenimento
Foto: Reprodução Pinterest / Foto: Reprodução Pinterest /
Entretenimento 05/09/2021

Meghan e Harry “não se arrependem de terem deixado a Coroa”, dizem biógrafos do casal

Meghan Markle e Harry deixaram suas posições na Coroa em 2020. Os autores Omid Scobie e Carolyn Durand escreveram que os Sussex encontraram o caminho para a independência.

Novo livro biográfico sobre Meghan e Harry ressalta que os dois não se arrependem da decisão de haver deixado a Coroa.

Um novo prefácio do livro ‘Finding Freedom’, os jornalistas especializados em realeza confirmaram que Meghan e Harry se sentem orgulhosos da decisão de terem abdicado de suas posições como membros seniores da Família Real britânica. Os autores Omid Scobie e Carolyn Durand escreveram que os Sussex encontraram o caminho para a independência.

“Por mais difíceis que tenham sido os anos recentes, fontes próximas aos Sussex dizem que nem Harry nem Meghan se arrependem das decisões que tomaram. Essas conquistas são outro sinal de que Meghan e Harry tomaram a decisão certa de se afastar dos papéis reais, não apenas por sua família, mas por seu foco nas questões sociais e em ajudar o mundo”, escrevem Scobie e Durand no capítulo atualizado do livro.

Em janeiro de 2020, Meghan Markle e Harry anunciaram que estavam se desligando de suas funções na Coroa. Na época, eles divulgaram um comunicado oficial: “Pretendemos dar um passo atrás como membros seniores da família real e trabalhar para nos tornar financeiramente independentes, continuando a apoiar totalmente Sua Majestade a Rainha. Após muitos meses de reflexão e discussões internas, optamos por fazer uma transição este ano, começando a desempenhar um novo papel progressivo. Agora, planejamos equilibrar nosso tempo entre o Reino Unido e a América do Norte”.

Leia mais sobre a Família Real britânica:

Na mesma época, o Palácio de Buckingham publicou um comunicado colocando panos quentes na situação, o que muitos especialistas entenderam ser uma forma de a Rainha Elizabeth dizer aos dois ‘vamos esperar a poeira baixar. “Compreendemos que eles desejem adotar uma abordagem diferente, mas esses são assuntos complicados, que exigirão tempo para elaborar”, informou o Palácio.

Desde que se afastaram da vida real, Meghan e Harry lançaram sua fundação de caridade, Archewell; assinaram acordos de produção em massa com Spotify e Netflix; e continuam a apoiar e a defender as causas que lhes são queridas. Meghan publicou seu primeiro livro, a obra infantil ‘The Bench’ e Harry está escrevendo sua autobiografia que deve ser lançada no próximo ano.