Social

Mafioso foragido por quase 20 anos é preso graças a imagem do Google Street View

Conhecido como “Manu”, o homem passou quase 20 anos foragido até ser capturado com auxílio de uma imagem do Google Street View.

A imagem entregou a localização do fugitivo

Gioacchino Gammino, de 61 anos, que também atende pelo apelido de “Manu”, passou quase 20 anos fugindo da polícia. Graças a uma imagem do Google Street View o homem, pertencente a um grupo mafioso da Sicília, foi capturado pelas autoridades.

Conforme a publicação feita pelo Meganoticias, Manu é considerado como um dos integrantes do grupo mafioso Stidda. Segundo informações, ele teria participação confirmada em diversos assassinatos e outros tipos de crimes cometidos entre os anos de 1980 e 1990.

Entre idas e vindas da prisão, Manu foi condenado à prisão perpétua após assassinar um pedestre que confundiu com um membro de um grupo rival.

No entanto, ele conseguiu fugir da prisão após cumprir apenas quatro anos de sua sentença. Após esta fuga, ele conseguiu permanecer foragido por quase duas décadas.

Sua localização foi descoberta graças ao Google Street View

Após uma investigação que durou dois anos, Manu foi preso na cidade de Galapagar, próximo a Madrid, na Espanha.

Ele foi localizado graças a uma imagem do Google Street View, uma vez que utilizou seus esforços para mudar sua identidade e construir uma nova carreira.

Na cidade, o homem começou a trabalhar como chef de cozinha e abriu sua própria mercearia.

A primeira pista das autoridades foi um restaurante da região com o nome “La Cocina de Manu”, que mais tarde foi comprovado ser propriedade do mafioso.

Confira também:

Com isso, uma fotografia do homem foi encontrada no facebook do restaurante onde ele era visto vestido como um chef. No entanto, um detalhe entregou sua verdadeira identidade: uma cicatriz característica no lado esquerdo de seu queixo.

Nicola Altiero, vice-diretor da unidade italiana de investigação antimáfia, afirmou que “a imagem ajudou a confirmar o rumo da investigação, que era conduzida de forma tradicional”.

Ao ser preso e identificado, Manu questionou ao policial: “Como você me encontrou? Faz dez anos que não ligo para minha família”.

Maiores informações sobre o caso não foram divulgadas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos