Foco

Cadela cai em barranco de 50 metros de profundidade e sai ilesa; assista ao vídeo

Caso ocorreu em Marília (SP) nesta terça-feira (21). Corpo de Bombeiros, parentes e amigos foram mobilizados para salvar o animal, que ficou 10 horas no local

Cadela da raça husky siberiano caiu em barranco de 50 metros e saiu ilesa

Foram dez horas até a cadela Pandora, da raça husky siberiano, ser resgata. Por volta das 6h30, seu tutor Jonas Diniz, saiu para passear com o animal em um terreno vazio perto do condomínio onde mora, em Marília, interior de São Paulo nesta terça-feira (21).

Ao tentar brincar com um macaco que estava em um galho próximo a um barranco, a cadela acabou caindo de uma altura de aproximadamente 50 metros.

“É um terreno vazio que fica bem na beirada do vale. Eu sempre vou lá, solto ela na coleira para brincar. Só que, desta vez, um macaco prego chamou a atenção dela. O macaco era muito grande, e ela começou a ir. Nesse vai e volta, ela tentou pular na árvore e caiu no barranco”, contou Jonas ao G1.

LEIA TAMBÉM: Repórter chora ao vivo ao entrevistar mulher com fome no Rio de Janeiro

O tutor não percebeu que Pandora, de nove meses, havia caído no buraco. “No primeiro momento, achei que ela tivesse tido acesso aos terrenos do lado, mas quando eu vi que a passagem estava fechada e olhei o rastro da pata dela perto da árvore, me liguei que ela caiu. Eram cerca de 50 metros de altura, além do que, há mato ali”. Ele explica que o animal não se machucou pois o local não é um paredão reto, e sim um barranco inclinado.

Resgate

Segundo o texto, o Corpo de Bombeiros iniciou o resgate às 8h, contudo, como não localizaram a cadela e não estavam com equipamentos necessários, foram embora. Jonas ligou novamente para a corporação, que retornou com equipamentos de rappel para descer no local. Foram necessários cinco bombeiros e outras seis pessoas realizar o salvamento.

“A gente passou a escutá-la, porém ela parou de fazer som quando eles chegaram próximos. Eles logo falaram que não havia marca de quem se machucou, que o local estava limpo. A gente acha que ela caiu e, no desespero, continuou descendo barranco abaixo”, relata Jonas.

Foram mais de dez horas de resgate até a equipe conseguir colocar a cadela dentro de um saco preto.

“Nem parece que ela caiu. É coisa de Deus. Ela não tem um arranhão, não está machucada. Ela está mancando um pouquinho, mas o veterinário disse que ela está 100%. Quando ela saiu, eu desacreditei, chorei o dia inteiro”, desabafou o menino.

Assista a seguir ao vídeo do resgate:

LEIA MAIS:

Mulher espanca cachorro filhote em condomínio de luxo em Sorocaba (SP) e ativistas fazem o resgate; assista ao vídeo

Criminoso segura e puxa advogada pelos cabelos durante assalto no Leblon: ‘Festival de violência’

Mais de mil pessoas morreram em terremoto no Afeganistão na madrugada desta quarta-feira

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos