logo
Foto: Unsplash /
Estilo de Vida 30/04/2021

Skincare: Uma pele lisa e sem cicatrizes? Te contamos como!

Nossa pele sofre ações ocasionadas por diversos fatores, sejam eles internos ou externos, e isso tem relação direta com a aparência.

Mas será que mesmo uma pele com muitas sequelas de acne pode voltar a ter uma aparência mais lisa? Nós trazemos 4 alternativas para você e conversamos com especialistas para ouvir a opinião deles.

Unificação do tom, poros menos visíveis, pele livre de manchas e sem ondulações ou cicatrizes. Quem não adoraria uma pele livre de imperfeições assim? Mas o fato é que a nossa pele sofre ações ocasionadas por diversos fatores, sejam eles internos ou externos, e isso tem relação direta com a aparência da pele. “Geralmente as marcas e cicatrizes de acne aparecem porque as glândulas das quais se originam as espinhas estão na derme profunda. Logo, as fibras de colágeno e elastina da pele têm sua arquitetura comprometida pela acne, gerando cicatrizes profundas”, explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

Mas será que mesmo uma pele com muitas sequelas de acne pode voltar a ter uma aparência mais lisa? Nós trazemos 4 alternativas para você e conversamos com especialistas para ouvir a opinião deles. Mas, lembre-se sempre, consulte sempre o seu médico dermatologista para traçar com ele o melhor protocolo para a sua pele, aquele que mais se encaixa com as suas necessidades e rotina. Todas as informações apresentadas aqui são respaldadas por especialistas, mas qualquer procedimento precisa ser indicado por seu médico.

Esfoliação

Quando a questão é superficial, uma esfoliação pode ajudar. É interessante que esse esfoliante não seja agressivo, mas ajude a retirar a primeira camada da pele, o que incentiva uma renovação celular, para melhorar a textura. “As sementes de apricot são ideais para eliminar células mortas e impurezas, higienizar o tecido, renovar as células e hidratar a pele”, afirma Ana Paula Kascher, diretora comercial da B.URB. 

Leia mais sobre beleza e cuidados pessoais:

Ácido Glicólico 

Tratamentos com ácido glicólico ajudam a acelerar a renovação celular e produtos com concentração de 8% têm uma ação esfoliante, rejuvenescedora e renovadora para combater os sinais de envelhecimento. 

Laser para bioestimulação 

Quando o relevo da pele é afetado por ondulações relacionadas ao envelhecimento, uma opção para rejuvenescimento sem afastar o paciente das atividades diárias é o laser Multistation para bioestimulação. “O laser nessa configuração dá disparos muito rápidos no rosto, o que leva ao aquecimento da derme, que é aquecida a uma temperatura ao redor de 41, 42ºC, e este calor vai estimular a síntese de colágeno novo. É um procedimento minimamente invasivo e pouco dolorido, indicado para rugas, flacidez, linhas e rejuvenescimento, além de melhorar também a textura da pele”, afirma o dermatologista Dr. Luis Henrique Moura, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. São indicadas de quatro a seis sessões com intervalos quinzenais.

Laser Peel

Conhecido como Hollywood Peel ou Black Peel, é um tratamento que promove brilho imediato na pele, deixando-a mais viçosa, luminosa e com melhora na textura logo após a primeira aplicação. “Ao invés de utilizarmos apenas o laser direto na pele, aplicamos uma loção de carbono na face antes da aplicação da tecnologia. Essa loção atua aumentando a penetração do laser, que aquecerá a pele para estimular a produção de colágeno e a circulação sanguínea, além de remover a loção e o estrato córneo. Como resultado, podemos observar melhora imediata na textura, viço e brilho, o que deixa a pele naturalmente saudável e com aparência mais lisa”, afirma a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff.

Seguro, rápido e indolor, além de não tirar o paciente de suas atividades diárias, o procedimento oferece resultados já na primeira sessão, mas, caso o tratamento seja realizado quinzenalmente, é possível conquistar melhora ainda maior das linhas finas, poros dilatados, manchas e acne. Podem ser feitas até três sessões, uma a cada quinze dias, segundo a Dra. Paola.