Social

Pai troca o cachorro da filha para não revelar a ela a verdade sobre o animal

Ele não teve coragem de contar para a filha o que realmente aconteceu com o cachorro e decidiu substituí-lo.

Um pai está se sentindo culpado depois de decidir “trocar” o cachorro de sua filha após o verdadeiro animal fugir enquanto ela passava alguns dias na casa da mãe.

Conforme a publicação realizada pelo The Mirror, o homem agora está passando por um intenso sentimento de culpa e está se questionando sobre ter feito a coisa certa para lidar com a situação inesperada.

Em seu relato, feito de forma anônima, ele conta que passou mais de um dia procurando pelo cachorro de seis meses antes de entrar em pânico e comprar um novo. “Comprei um cachorro para minha filha de 14 anos porque ela está passando por dificuldades para lidar com o divórcio pelo qual eu e a mãe dela estamos passando”.

“Disse a ela que a estava dando este presente porque ela está indo bem na escola e está se tornando uma pessoa excelente, bem-educada e carinhosa. Fizemos todos os trâmites, visitamos o cachorro, o escolhemos e depois o levamos para casa”, explica.

Segundo seu relato, a conexão entre a filha e o cachorro é algo extremamente forte: “Ela passa cada segundo que pode com o cachorro. No entanto, ela não pode levá-lo para a cassa de sua mãe por conta dos gatos que tem lá, então a deixa comigo quando vai para casa da mãe aos finais de semana”.

No entanto uma saída para um passeio tornou tudo mais complicado: “Durante um passeio tudo aconteceu em segundos. Ela se soltou e saiu correndo para longe. Eu corri atrás dela gritando seu nome, mas perdi o rastro depois que ela atravessou a linha do trem”.

Ele entrou em pânico

Segundo o homem, ele passou as 24 horas seguintes procurando pelo cachorro, mas não teve sucesso. Em pânico, ele começou a entrar em contato com criadores de cães da mesma raça procurando por outro cachorro igual para poder substituir o da filha.

“Embora eu estivesse pirando, entrei em contato com vários criadores e um deles me respondeu que tinha um animal igual e que eu poderia pegá-lo a qualquer momento. Eu viajei atrás desse cachorro e trouxe para casa. No entanto, ele tem 4 meses enquanto Lulu tinha 6″.

Leia também: Envergonhado com o nome de seu cachorro, ele afirma: ‘Nunca terei uma namorada’

Esperando que a filha não notasse a diferença, ele decidiu buscá-la na escola acompanhado do animal, como faz sempre. “Não sei o que é pior, admitir a ela que o cachorro fugiu ou fingir que nada aconteceu”.

Para os usuários do Reddit, ele não deveria esconder a verdade da filha: “Eu não mentiria sobre isso. De uma forma ou de outra ela vai descobrir a verdade. Este cachorro é de um tamanho diferente e também pode ter um temperamento diferente. Você pode dizer que este é um novo amigo para ela enquanto buscam por Lulu”.

“Sinto muito por isso ter acontecido, mas vocês ainda podem encontrar o cachorro dela. Continuem procurando e espalhando folhetos”, sugeriu outra pessoa.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos