Social

Dois indivíduos levam corpo de um beneficiário para receber pensão

Segundo a autoridades, as duas pessoas compareceram para receber uma pensão acompanhadas pelo corpo do beneficiário.

Um caso inusitado deixou os moradores de uma cidade irlandesa completamente chocados. Segundo informações disponibilizadas pelas autoridades locais, uma ligação para a emergência informou que um corpo foi levado à um escritório especializado no pagamento de pensões para receber o pagamento.

Conforme a publicação feita pelo Meganoticias, o caso foi tão inesperado que acabou sendo comparado com “um filme de Hitchcock” pelas autoridades locais.

O episódio ocorreu quando um homem compareceu ao escritório para solicitar o recebimento da pensão em nome de outra pessoa.

Diante da solicitação, os funcionários do escritório informaram que o pagamento de valores relacionados à pensão só poderia ser realizado com a presença do beneficiário, para garantir quer os fundos fossem destinados à pessoa a quem pertencem legalmente.

Ele retornou com o corpo do beneficiário

Ao ser informado desta obrigatoriedade, o individuo deixou o local, retornando pouco tempo depois na companhia de outra pessoa e de um “homem de 60 anos que parecia estar morto”.

Segundo a mídia irlandesa, uma das funcionárias do local percebeu o ocorrido e decidiu acionar as autoridades. Com isso, os sujeitos deixaram o corpo no local e saíram normalmente.

Para Ken Murnane, prefeito da cidade de Carlow, onde o caso chocante aconteceu, algo assim é inédito na história da comunidade.

Confira também:

“É inédito alguém pensar em fazer algo deste tipo. É como se estivéssemos em um filme de Alfred Hitchcock!”.

Ele ainda reforçou que o ato violento impactou em toda a comunidade local. “A cidade inteira está chocada por ver que alguém pensou em fazer algo desse tipo. É completamente inacreditável!”.

Conforme as declarações de um porta-voz da polícia local, as equipes de investigação estão realizando diversos procedimentos para esclarecer o episódio.

No momento, eles aguardam o resultado da autópsia para determinar as causas da morte da vítima, que não teve sua identidade divulgada.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos