Social

Foram registrados ao menos 20 mortos após terremoto de magnitude 5,7 atingir o Paquistão

Relatos apontaram para crianças entre mortos e feridos após o terremoto que destruiu casas em Harnai e Shahrag no Paquistão.

Paquistão é atingido por terremoto de magnitude 5,7

Ao menos 20 pessoas, incluindo crianças, perderam suas vidas durante um terremoto, com magnitude 5,7, que atingiu o Paquistão nesta última noite. Estima-se que ao menos outras 300 pessoas tenham sido resgatadas com ferimentos.

Segundo a publicação feita pelo The Mirror, moradores das regiões de Harnai e Shahrag compartilharam fotos dos danos causados pelo terremoto. O tremor, que ocorreu durante a madrugada, atingiu uma região de, pelo menos, 13 quilômetros e pegou os moradores de surpresa enquanto dormiam.

Com a destruição de prédios e casas, várias pessoas foram soterradas e algumas permanecem sob os escombros. Segundo informações de uma agência de gestão de desastres, foram confirmados ao menos 20 mortos e dezenas de feridos que foram levados as pressas para hospitais da região.

Equipes de resgate permanecem revistando os escombros na busca por sobreviventes.

Terremoto de 5,7 atinge o Paquistão

O epicentro do tremor foi registrado a 102 km ao leste da cidade de Quetta, conforme divulgado pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Segundo divulgado pela Agência Brasil, mais de 100 casas desabaram completamente e diversos prédios foram danificados. Imagens compartilhadas na internet mostram o estrago causado pelo terremoto.

Confira também:

“Eu estava dormindo quando, de repente, minha casa inteira balançou”, declarou Munir Shah, um morador do distrito de Harnai. Levei meus filhos e minha esposa para fora. Foi uma situação aterrorizante, pois as casas estavam desabando, minha casa também foi danificada. Encontrei várias pessoas sob os escombros, algumas delas podem estar mortas”.

O jornalista Nawab Khan declarou que as cenas no local são de extrema devastação. “Nenhuma casa parece segura, milhares de pessoas ficaram desabrigadas e estão ao relento”, conforme informado por ele, cerca de 70% do fornecimento de energia para o local foi interrompido.

Uma avaliação dos danos foi solicitada pelo primeiro-ministro do Paquistão, que também prestou condolências às famílias das vítimas. Ele também determinou o envio de ajuda emergencial para as vítimas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos