Social

Estudante de medicina é morta a tiros pelo noivo

O crime aconteceu somente algumas semanas após ele tê-la pedido em casamento.

Estudante de medicina é morta a tiros pelo noivo

Roman Vlasă, de 28 anos, viajou até a Moldávia para conhecer os pais de sua noiva, Ana Fantaziu, de 23 anos. Após uma discussão Ana foi morta a tiros pelo noivo, que cometeu suicídio em seguida.

Segundo divulgado pelo The Mirror, o crime aconteceu somente três semanas após o casal ter firmado compromisso de noivado durante uma viagem romântica.

Ana, que era enfermeira, tinha se matriculado na faculdade de medicina com o objetivo de se tornar médica.

Na data do crime, Roman havia viajado com Ana para encontrar os pais da jovem noiva, mas uma discussão fez com que o encontro terminasse em uma tragédia.

Segundo o pai de Ana, uma discussão entre a família e Roman saiu do controle e o homem ameaçou a noiva e sua família com uma arma. Após sair de casa para buscar ajuda, o pai da jovem ouviu dos tiros.

Ao chegar no local a polícia encontrou os corpos da jovem e de seu noivo.

Ana foi morta a tiros pelo noivo que se suicidou em seguida

O casal estava em um relacionamento por dois anos. Segundo amigos de Ana, o rapaz tinha uma “natureza ciumenta”.

Amigos do casal declararam que o relacionamento dos dois era “lindo” e relataram que eles haviam retornado recentemente de uma viagem romântica pela Romênia, onde Roman havia pedido Ana em casamento.

Maria Buzu, amiga de Ana, relatou que embora o casal tivesse um relacionamento harmonioso, Roman era um namorado muito ciumento.

Confira também:

  1. Pedra no sapato leva a prisão de assassino
  2. Pai atira em filhos por ter ‘medo de que eles tivessem DNA de serpente’
  3. Serial Killer brasileiro cometeu crimes nos Estados Unidos
  4. Condenado a morte pede a presença de um pastor no momento da execução

“Ela era uma jovem extraordinária, inteligente, bonita. Ela realmente queria ser médica e amava muito seu trabalho”, declarou.

A direção do hospital no qual Ana trabalhava se pronunciou por meio de sua página no Facebook: “Com profundo pesar, a administração do Hospital Clínico Municipal da IMSP Holy Trinity confirma a morte prematura de nossa colega Sra Ana Fantaziu, enfermeira sênior do Departamento de Emergência”.

A polícia confirmou os detalhes do caso e segue investigando as motivações para o crime.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos