Social

Serial killer do DF volta a deixar rastro de violência na tarde de terça-feira

Lázaro Barbosa apareceu novamente.

Após ser visto novamente na manhã desta terça-feira (14) em uma chácara na zona rural de Edilândia, em Goiás, o serial killer Lázaro Barbosa, de 33 anos, chegou a ser cercado pela polícia e realizou mais crimes esta tarde.

De acordo com o repórter Renato Souza, do jornal do Correio Braziliense, o serial killer deixou dois policiais baleados na região após um confronto e fez uma família refém. Ele teria liberado as vítimas e fugido.

Os policiais foram socorridos pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros e encaminhados ao Hospital de Anápolis. Eles não correm risco de morte.

Um grande efetivo policial está na área e espera capturar o foragido acusado de invadir a casa e assassinar Cláudio Vidal, de 48 anos, e os dois filhos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15, no Distrito Federal em 9 de junho.

Após o triplo homicídio, ele fugiu levando Cleonice Marques, 43, de refém. A empresária e mãe da família foi encontrada morta três dias depois em uma mata.

O laudo cadavérico obtido com exclusividade pelo jornal Metrópoles aponta que Cleonice teve os cabelos cortados, a orelha arrancada, foi executada com dois tiros na nuca e estava vestida apenas com uma fralda geriátrica.  

Veja atualizações sobre o caso:

  1. Serial killer do DF: Vídeo mostra desespero de mulher com suposta invasão nesta terça-feira
  2. Vítima conta em vídeo encontro mais recente com serial killer do DF; ‘Eu tinha certeza que ele iria passar aqui hoje’

O acusado é conhecido por saber sobreviver em matas e agora está atrás de comida. Ele deve esperar a noite para se movimentar e agir novamente, segundo a o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda.

Para saber mais detalhes sobre os crimes do serial killer do DF clique aqui.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos