Foco

SP: Funcionário fica 36 horas preso dentro de elevador de cargas no Carrefour, em Santos

Homem passou cerca de 36 horas sem comer ou beber.

Funcionário ficou cerca de 36h preso em elevador de carga no Carrefour, em Santos

Um homem de 27 anos ficou cerca de 36 horas preso dentro de um elevador de cargas em uma loja do Carrefour, em Santos, no litoral sul de São Paulo. Ele trabalha no local e não tinha mais sido visto desde sábado (25). Familiares chegaram a pedir ajuda nas redes sociais dizendo que o rapaz estava desaparecido, quando, no início do expediente de segunda-feira (27), ele foi localizado.

O funcionário cumpriu o horário de trabalho no sábado e chegou a enviar uma mensagem para a mãe dizendo que, naquele dia, não iria dormir em casa. No entanto, como o homem faz uso de remédios controlados, a mulher se preocupou quando o filho não apareceu no domingo e passou a pedir ajuda nas redes sociais.

LEIA TAMBÉM:

  1. Filha de Pelé exibe novo visual do pai: ‘Olha quem pintou o cabelo hoje’
  2. SP prepara 3ª dose para profissionais da saúde
  3. Obras no Monotrilho interditam avenida Luiz I. Anhaia Mello, na zona leste de SP

De acordo com a assessoria de imprensa do Carrefour, o rapaz ficou preso no elevador de cargas no final do expediente de sábado. O equipamento é exclusivo para o transporte de cargas, sendo proibida a entrada de pessoas por questões de segurança. No domingo, houve funcionamento do supermercado normalmente, porém, só na manhã de segunda-feira o funcionário foi encontrado.

Ele passou cerca de 36 horas preso, sem comer ou beber. Após ser retirado do elevador, o funcionário foi levado a um hospital e passou por alguns exames médicos. Em nota, o Carrefour destacou que o homem passa bem e está em casa com a família.

O supermercado destacou, ainda, que disponibilizou uma assistente social para oferecer apoio psicológico ao funcionário e aos familiares mais próximos. «Estamos junto aos familiares para prestar todo o suporte necessário, incluindo apoio psicológico. Ficamos consternados com o ocorrido e estamos apurando o fato internamente.»

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos