logo
Foco
Vacinação tem feito pandemia desacelerar no Brasil / Divulgação/Governo de SPVacinação tem feito pandemia desacelerar no Brasil / Divulgação/Governo de SP
Foco 13/08/2021

Prefeitura de SP confirma ‘virada’ de vacinação contra covid-19 para público até 18 anos neste sábado

Início será às 7h de amanhã e o encerramento às 17h do domingo (15).

Por : Metro World News

A Prefeitura de São Paulo realiza neste sábado (14) a “Virada da Vacina”, que consiste em uma madrugada inteira de aplicação de imunizantes contra a covid-19. A novidade é a vacinação do público de 21 a 18 anos.

Após a reclamação de pessoas que disseram não encontrar doses da vacina AstraZeneca nesta sexta-feira (13), a administração municipal informou que recebeu, na noite de quinta-feira (12), 451.990 doses de vacinas, sendo 251.990 de CoronaVac e 200 mil de AstraZeneca.

Na manhã desta sexta-feira, segundo a prefeitura, as doses já foram para os postos de armazenamento da capital, em seguida, separadas e enviadas às Unidades de Saúde, para o devido reabastecimento para aplicação das segundas doses.

Leia também:

Assim, a prefeitura diz que terá imunizantes suficientes para a “Virada da Vacina”, que terá 34 horas de vacinação ininterrupta. O início será às 7h do sábado e o encerramento às 17h do domingo (15).

A virada se dará em duas etapas: No sábado, poderão se vacinar, das 7h às 19h, os jovens de 21 e 20 anos. A partir das 19h, até as 17h de domingo, a imunização estará aberta também para público de 19 e 18 anos. Ao todo, são esperadas 600 mil pessoas nos dois dias.

A prefeitura ressalta que todas as vacinas disponíveis foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Elas são eficazes e seguras contra a Covid-19. Não há necessidade nem possibilidade de escolher um imunizante específico na cidade de São Paulo.

Durante a “Virada da Vacina” serão aplicadas somente as primeiras doses ao público elegível nesta fase da campanha. A aplicação das segundas doses será retomada a partir de segunda-feira (16).

Documentos necessários

Para tomar a vacina contra a covid-19 em São Paulo, o morador deverá apresentar o CPF e o cartão do SUS. Também deverá apresentar comprovante de residência da Capital em formato impresso ou digital. Se o documento estiver em nome de algum parente, o candidato à vacina deverá apresentar documentos que comprovem o parentesco.

Cadastro

Antes de ir ao posto de saúde para se imunizar, o morador da Capital deve fazer seu pré-cadastro no site Vacina Já, do governo do estado, que agiliza o tempo de atendimento e diminui as filas nos postos de vacinação. Basta preencher os dados com o nome completo, endereço, telefone, CPF e data de nascimento.

De Olho na Fila

Pelo site ‘De Olho na Fila’, o contribuinte pode verificar a movimentação de pessoas em cada um dos postos da cidade de São Paulo e verificar a situação das filas. Com isso, pode escolher o melhor horário para ir tomar a sua vacina, se protegendo contra aglomeração.

Clique e veja a relação de todos os postos de São Paulo