Cinco plantas resistentes para os marinheiros de primeira viagem na jardinagem

Por Camilla Viegas

Um estudo da Escola de Saúde Pública de Harvard confirmou que o contato com a natureza é uma das formas mais eficientes de reduzir o estresse e a ansiedade, ajudando na manutenção de uma vida mais saudável. Além dos sons da natureza, o contato com animais e plantas ajuda a aumentar a nossa qualidade de vida. São dados da pesquisa feita pelo cientista Peter James, que revisou vários estudos e indicou que esse contato com o verde diminui potencialmente os problemas de saúde mental, inclusive a depressão.

 

Leia mais:

plantas Foto: Pexels/ Daria Shevtsova

Para os marinheiros de primeira viagem no quesito jardinagem, listamos algumas espécies de plantas fáceis de cuidar (e difíceis de matar!) que você pode ter em casa para ajudar a trazer mais vida para seu lar ou escritório.

 

Espada-de-São-Jorge
É uma planta que costuma se desenvolver muito bem em apartamentos porque não precisa de luminosidade direta, é possível cultivá-las na sacada ou mesmo próximo às janelas. Essa espécie gosta de umidade, mas é capaz de sobreviver a longos períodos sem água. Para manter sempre saudável sua plantinha, você deve fazer fertilizações periodicamente com húmus de minhoca. Mas, atenção: essa é uma planta tóxica. Apesar de não ser letal, a espada-de-São-Jorge não deve ser mantida ao alcance de animais e crianças.

 

Planta Jade
É uma espécie de suculenta e, como suas irmãs, é fácil de cuidar. Ela florece no inverno e na primavera, com flores brancas ou cor-de-rosa. É uma planta de meia sombra, que pode ser regada uma vez por semana e plantada em um vaso com furinho, que suas raízes tendem a ser atacadas por fungos.

 

Hibisco
Pode ser plantada em jarro ou jardineira, mantida em meia-sombra e é bastante resistente às regas esporádicas. No jardim, não necessita de poda mas, no vaso, é necessário que se retire os galhos secos.

 

Aloe Vera
Popularmente conhecida como babosa, é bastante conhecida por suas propriedades medicinais. Mas, também é uma planta bastante usada na decoração e paisagismo por seu visual “diferentão”. Ela é uma espécie de suculenta e armazena nas suas folhas bastante líquido e nutrientes, por isso sua rega não precisa ser constante. É uma espécie que se acostuma tanto com a iluminação direta, quanto com a indireta em abundância.

 

Lírio da Paz
Costuma florescer na primavera e verão desde que seja mantida na sombra, já que suas folhas tendem a “queimar” se recebem sol direto e fonte abundante de iluminação indireta. Ela não requer rega constante, podendo sobreviver com duas ou três regas por semana. Mas, atenção: nunca molhe suas flores, sempre coloque água somente no solo e nas folhas, borrifando essas últimas.

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo