5 alimentos que te ajudam a aliviar a ansiedade

Por Camilla Viegas

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país com maior taxa de transtorno de ansiedade do mundo. Um estudo publicado em 2020 pela instituição concluiu que 9,3% dos brasileiros têm algum transtorno de ansiedade, isso representa cerca de 19 milhões de pessoas.

O transtorno de ansiedade é um problema de saúde pública e está ligado a fatores econômicos, como pobreza e desemprego, e também com o estilo de vida das grandes cidades brasileiras, onde se concentra a maior parte da população do país.

Leia mais:

ansiedade Foto: Pexels/ Ana Bregantin

Alguns sintomas estão ligados à preocupação e ao medo extremo de situações cotidianas que geram uma sensação de que algo ruim vai acontecer, dificuldade de concentração, medo constante, preocupação exagerada em comparação com a realidade, problemas para dormir, irritabilidade e agitação. Ao identificar um ou mais desses sintomas, o ideal é contar com acompanhamento médico e algumas medidas diárias na alimentação podem ajudar a controlar esses sintomas.

Banana
Contém grande quantidade de triptofano, um aminoácido que ajuda na liberação da serotonina. Desse modo, ela se torna imprescindível para aliviar os sintomas da ansiedade, um deles a irritabilidade. A banana também é rica em minerais, como potássio e magnésio, que são controladores do equilíbrio iônico das reações orgânicas do nosso corpo. Quando esse equilíbrio é constante, garantem um sono tranquilo e a condição ideal para a liberação de mais serotonina.

Abacate
Rico em vitamina B6, o abacate ajuda o corpo a produzir vários neurotransmissores, incluindo a serotonina, que influencia no humor. A vitamina E é um nutriente importante para a visão, reprodução e manutenção da pele saudável. Além disso, também está relacionada à cognição, ajuda a ampliar os vasos sanguíneos e na formação dos glóbulos vermelhos.

Espinafre
Contém ácido fólico, cuja função está relacionada a auxiliar os processos metabólicos para a eliminação de radicais livres, que são substâncias formadas pelos resíduos de elementos oxidantes que causam o envelhecimento celular.

Salmão
Os ácidos graxos e ômega-3 presentes no salmão melhoram o funcionamento do cérebro e residem a ansiedade. Estudos confirmaram que o pouco consumo de ômega-3 poderia estar relacionado ao desenvolvimento de algumas doenças, entre elas a depressão e ansiedade. Além do salmão, outros alimentos ricos em ômega 3 são a sardinha, linhaça, atum, chia, castanhas e abacate.

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo