Entretenimento

Após reabilitação, Sérgio Hondjakoff fala sobre o desejo de voltar a atuar: “Saudade de decorar texto”

Ator ficou 10 meses internado e recebeu alta no último domingo (30); terapeuta seguirá com tratamento

Ator passou 10 meses internado
Após ter alta de clínica de reabilitação, Serginho Hondjakoff fala dos planos futuros (Reprodução/Arquivo pessoal)

ANÚNCIO

O ator Sérgio Hondjakoff, o eterno Cabeção de “Malhação”, que recebeu alta no domingo (30) da clínica de reabilitação na qual estava internado há 10 meses, em Itu, no interior de São Paulo, revelou que tem vontade de voltar a atuar. Além disso, ele destacou quais são seus planos daqui para a frente e também que seguirá em tratamento.

ANÚNCIO

“Quero fazer uns contatos com produtores de elenco para já sondar alguma coisa para o futuro para algum trabalho artístico. Pequenas participações, nada que seja muito comprometedor a longo prazo. Só para eu já ir me familiarizando porque eu estou com saudade de decorar texto, de participar de uma obra de ficção”, disse o ator em entrevista à “Quem”.

O ator, cujo último trabalho foi em 2018 na série de “TV Impuros”, disse que pretende a retomar as rotinas da carreira artística, como dar entrevistas e gravações.

“Depois vou passar uma semaninha no Rio para fazer alguns contatos com o Sandro [Barros, seu terapeuta], que vai me acompanhar na prática. Vou passar por esse processo de reinserção social, ressocialização. Talvez tenha alguns compromissos de gravar algumas coisas, dar entrevistas. Não sei se, de repente, algum podcast para falar sobre o assunto”, disse Serginho.

Ele também falou da saudade que sente do filho. “Minha perspectiva é ir para a casa da minha mãe em Resende [RJ]. Vou aproveitar meu filho Benjamin, que está chegando hoje. Estou até com umas lembrancinhas que minha mãe comprou para ele em Itu. Quero brincar bastante com ele, me divertir, poder serenar meu coração vendo ele, admirando meu bebezinho”, afirmou.

O ator deixou a clínica de reabilitação no domingo (30). Estiveram presentes na saída a mãe dele, Carmen Lucia Hondjakoff, além do terapeuta Sandro Barros e do amigo e empresário Dino Boyer. O ex-Polegar Rafael Ilha, que enfrentou problemas de vício em drogas no passado, também esteve no local.

Ele enfrentou problemas com dependência química
Serginho Hondjakoff ao lado da mãe e de amigos ao receber alta de clínica de reabilitação, no interior de São Paulo (Reprodução/Instagram)

Em entrevista ao GShow, a mãe do “Cabeção” disse que está confiante na plena reabilitação do filho: “Ele ficou 10 meses e 19 dias e estou na esperança e na torcida que, dessa vez, seja a última internação dele, que ele finalmente caia em si, veja que perdeu um tempo muito grande com as drogas e se dedique mais à sua vida, à sua profissão e ao seu filho, que vai fazer 3 aninhos. Estamos indo na fé para conseguir realizar isso e se Deus quiser a gente vai conseguir.”

ANÚNCIO

Carmem destacou, ainda, que torce para que Serginho volte a atuar em breve. “É o que ele fez desde que ele tinha 4 anos. Ele começou com comerciais, fez várias participações em novelas. Vai depender dele. Oportunidade ele terá se ele se esforçar e provar para as pessoas que mudou. Outros conseguiram, ele também pode. Ele disse que a única coisa que ele sabe fazer é atuar, desde pequeno ele só fez isso”, ressaltou a mãe.

Ele recebeu alta no domingo
Ator Serginho Hondjakoff antes e depois de ser internado em clínica de reabilitação, no interior de SP (Reprodução/Redes sociais/Arquivo pessoal)

Tratamento continua

Também em entrevista à “Quem”, o terapeuta Sandro Barros explicou que o ator seguirá em tratamento, mesmo após a alta da clínica de reabilitação.

“O tratamento dele a partir de agora será o seguinte: ele ficará uma semana com a família em Resende e será atendido por mim on-line. Ficará com o filho, a esposa, a mãe. Vai dormir no horário, se alimentar bem, fazer esporte e se fortalecer emocionalmente depois de 320 dias sóbrio”, adiantou o profissional.

“Faço um trabalho de reinserção social. Vou ajudá-lo a lidar com a sociedade, com a família. A esposa e a mãe farão terapia também, além dele. Na primeira semana, que vai de hoje, dia 1º, ao dia 7, ele vai ficar com a família. Depois vai passar uma semana comigo no Rio. Vamos em grupos, vamos buscar o espiritual, vamos fazer futevôlei e farei um acompanhamento terapêutico presencial”, explicou Sandro.

Problemas com drogas

Antes de ser internado na clínica, Serginho apareceu em publicações nas redes sociais visivelmente alterado, quando assumiu assume que “deu uns tequinhos” (gíria para uso de cocaína) e chegou a ameaçar matar o próprio pai caso ele não lhe desse R$ 1 mil. Dias depois, ele voltou a falar com seus seguidores e pediu perdão pelas suas atitudes.

“Fala galera, aqui é o Serginho Hondjakoff, fiz o Cabeção da ‘Malhação’. Bom, andei preocupando o pessoal esses últimos dias com vídeos no Tik Tok que viralizaram, coisas polêmicas, de ameaças e internação. Estou aqui muito bem, muito calmo, muito são, limpo, abstêmio de qualquer substâncias. Agradeci a todos vocês pela preocupação comigo e quero pedir perdão principalmente ao meu pai que está muito bolado comigo”, disse o ator.

Na época, segundo a coluna de Leo Dias, no “Metrópoles”, famosos como Bruno Gagliasso, Kayky Brito e Rafael Ilha o auxiliaram no processo para que ele recebesse atendimento especializado. O terapeuta Sandro Barros foi indicado para acompanhar o tratamento do ator.

“Quero agradecer ao Jesus Luz, Kayky Brito, Bruno Gagliasso e ao Rafael Ilha, né. A gente bateu um papo super maneiro. Ele me aturou em um momento em que eu estava mal, teve paciência comigo, me apresentou ao Sandro, que é um cara que me ajudou bastante, muito generoso, muito maneiro mesmo. Obrigado galera”, reforçou Serginho, na ocasião.

LEIA TAMBÉM:

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias