Entretenimento

Bruno Gagliasso presta apoio a Sérgio Hondjakoff: ‘É difícil, mas não é impossível’

Eterno Cabeção de ‘Malhação’ enfrenta problemas com álcool e drogas

Bruno Gagliasso manda mensagem a Sérgio Hondjakoff

O ator Bruno Gagliasso gravou um vídeo de apoio para o ator Sérgio Hondjakoff, o eterno Cabeção de “Malhação” e que atualmente enfrenta problemas com álcool e drogas.

A coluna LeoDias, do “Metrópoles”, teve acesso à mensagem particular em que Gagliasso presta solidariedade ao colega e promete ajudá-lo a se curar.

“Olá, Serginho. Quando tempo hein meu amigo? Aqui é Bruninho. Estamos afastados, mas estou muito feliz de saber que você encontrou com o nosso amigo Sandro. Ele [Sandro] é um cara que já ajudou muito a minha família e estará ao seu lado para o que der e vir, assim como eu também estarei. Fechado? É difícil, mas não é impossível. Um beijo e estamos juntos, cara. Ninguém vai largar a sua mão, não”, disse o marido de Giovanna Ewbank.

Recomendados

A gravação feita por Bruno Gagliasso foi compartilhada no feed do Instagram de Leo Dias. Assista:

Sérgio Hondjakoff ameaçou pai ao vivo

Nos últimos dias, Sérgio Hondjakoff chegou a ameaçar o pai durante uma live no Instagram em que apareceu completamente transtornado. Ele disse que o mataria caso não recebesse R$ 1 mil dele.

Na live, ele assume que “deu uns tequinhos” (gíria para uso de cocaína) e que está muito louco e seu pai se recusa a dar dinheiro para ele viajar para São Paulo.

“Fala, galera, beleza? Eu tô aqui pancadão e tá todo mundo aqui querendo me fod4r. Eu tô pedindo R$ 1 mil para o meu pai pra ir pra São Paulo e ele não quer me dar. Eles querem que eu seja internado contra a minha vontade porque eu dei uns tequinhos e eu fico muito louco”, disse.

Durante a live, com um bastão na mão, ele faz a ameaça: “Pai, se você não me der R$ 1 mil eu vou ser obrigado a te matar, né? Você prefere que você me dê R$ 1 mil ou que eu te mate? Você é obrigado a me dar R$ 1 mil”, ameaça.

Hondjakoff já tem histórico de uso de drogas. Em agosto do ano passado, ele foi internado em uma clínica em Pindamonhangaba para tratar o vício de drogas. O assunto foi amplamente divulgado pela imprensa, mas ele negou, inicialmente. Depois resolveu assumir o problema e esclareceu que mentiu para preservar seu filho, que na época tinha pouco mais de 1 ano.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos