Entretenimento

Técnicos falam sobre a estreia da 2ª temporada do ‘The Voice+’

Nesta temporada, Carlinhos Brown e Ludmilla se juntam aos estreantes Toni Garrido e Fafá de Belém

O domingo ficará ainda mais musical. Depois da estreia do “The Masked Singer Brasil”, a Globo coloca no ar, neste domingo (30), a 2ª temporada do “The Voice+”, programa comandado por André Marques.

Nesta edição, Carlinhos Brown e Ludmilla se juntam aos estreantes Toni Garrido e Fafá de Belém no time de técnicos da versão dedicada a candidatos com mais de 60 anos.

Antes do “The Voice+”, Brown esteve no “The Voice Brasil” e também no “Kids” e Ludmilla segue desde a estreia da versão para cantores com mais de 60 anos.

Em entrevista, a dupla falou sobre a responsabilidade de integrar o elenco do reality musical, que conta ainda com Thais Fersoza, nos bastidores.

Para Carlinhos Brown, a sua expectativa é de levar emoção para a audiência do programa. “Estou tomado de felicidade para fazer parte deste programa. As expectativas são as melhores, e a emoção já está lá em cima, pois vamos encontrar vozes amadurecidas e histórias de vida que são totalmente inspiradoras, aliadas a repertórios de qualidade altíssima”.

Segundo ele, o seu time traz qualidade e um repertório com a cara do Brasil. “Temos grandes cantores, e também de um repertório que relembra um Brasil de grande musicalidade. E mais ainda: com interpretações que serão de grande valia e servirão de base para novos artistas, que se interessam em conhecer os maiores tesouros da Música Popular Brasileira. Eles são incríveis!”, contou o técnico.

Já Ludmilla contou que os participantes da 2ª temporada do “The Voice+” são cheios de energia e vozes surpreendentes. “A música me emociona muito e aquelas vozes me deixam à flor da pele. Não tem como não estar com a expectativa lá em cima, com a certeza de que vou viver novamente todos aqueles momentos lindos ao lado do meu time”.

Segundo ela, a sensibilidade conta na hora de virar a cadeira para o candidato. “Eu sou muito sensível à música, escolho virar a cadeira principalmente para aqueles que me emocionam, que mexem de uma forma diferente com o meu coração”.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos