logo
Entretenimento
/ Reprodução / Reprodução
Entretenimento 03/09/2021

Com trejeitos e muita polêmica, Téo Pereira foi um dos grandes sucessos da novela ‘Império’

“O êxito se deve principalmente aos trejeitos e bordões irresistíveis, como o “querida” e o clássico “curuzes”, revela o ator Paulo Betti

O blogueiro Téo Pereira, vivido pelo ator Paulo Betti, foi um dos grandes sucessos da novela” Império”, que está sendo reprisada no horário nobre da Globo. Na trama, o personagem é bastante caricato e sempre tem um bordão para falar e, é claro, uma maneira de fugir de suas enrascadas. 

Na época de sua exibição original, em 2014, Téo Pereira dividiu o público com sua forma de agir, sendo, muitas vezes, um personagem de humor afiado e sem qualquer escrúpulo. “Não foi uma unanimidade. Às vezes, alguém entra no meu Instagram e deixa assim: ‘Você está ridículo na novela!’. A gente sempre presta mais atenção nos detratores que nos elogios”, relata Paulo Betti. 

Mas, com o decorrer dos capítulos de “Império”, o público foi se acostumando e o polêmico Téo Pereira foi ganhando cada vez mais espaço.  “Eu imito muito uma irmã minha já falecida. Ela fazia esses bicos. Quando ela ficava muito empenhada, falava coisas engraçadíssimas e fazia esse bico. Ela falava assim: ‘Paulo, estou casada com o Zé há 50 anos! Eu odeio ele!’, e ria!”, lembra o ator sobre a criação do personagem, que também foi mostrando diferentes facetas ao longo do folhetim. 

LEIA MAIS:

Para o ator Paulo Betti, uma das cenas mais marcantes de Téo Pereira, em “Império”, foi o momento da prisão. “Era uma brincadeira imperdível. Quando o Téo é preso, os presidiários são fãs dele e estão achando ótimo que ele esteja ali porque vai contar fofocas. E uma das curiosidades das pessoas é saber quem é gay”, lembra Paulo.

Escrita por Aguinaldo Silva, a novela “Império” estreou em 21 de julho de 2014 e foi um dos grandes sucessos da Globo. No ano seguinte, a trama da Globo recebeu o Prêmio Emmy Internacional de melhor telenovela. Além de Paulo Betti, o elenco conta com Alexandre Nero, Lília Cabral, Leandra Leal, Drica Moraes, Marjorie Estiano, José Mayer e Caio Blat.