logo
Foto: Reprodução Instagram @clarencehouse / Foto: Reprodução Instagram @clarencehouse /
Entretenimento 11/05/2021

Príncipes William e Harry não estão se falando, confirma especialista em Família Real

Especialista disse ainda que Kate Middleton estava fazendo o possível para unir os dois irmãos novamente, mas os esforços parecem não estar dando resultado.

O especialista em Família Real britânica disse à revista US Weekly que os dois irmãos não estariam se falando mais: “Todas as minhas fontes me dizem que não estão falando no momento”.

Nick Bullen, especialista em Família Real britânica, declarou à revista semanal estadunidense US Weekly que os príncipes William e Harry não estão se falando. Bullen é produtor de televisão e disse: “Todas as minhas fontes me dizem que não estão falando no momento. Está bastante claro que a Duquesa de Cambridge estava fazendo o melhor para construir as pontes”, no funeral do Príncipe Philip.

Esta notícia chega no momento em que relatos teriam sido divulgados pela imprensa britânica de que William e Harry insistiram em fazer discursos separados na inauguração da estátua da Princesa Diana no Palácio de Kensington, que deve acontecer em julho deste ano. “Os irmãos estarão fisicamente juntos para a cerimônia de inauguração da estátua, mas desejam fazer seus discursos de forma separada”, disse uma fonte ao The Sun, via Page Six. “Você pode ter pensado que eles iriam fazer um discurso e uma declaração conjunta, mas não é o caso. Cada um insistiu em preparar o seu. Há uma grande preocupação que a linguagem corporal deles sugira que nem tudo está bem entre os dois”, confirmou a fonte do tabloide The Sun.

Enquanto isso, outra fonte disse recentemente ao jornal The Mirror que o relacionamento de William e Harry é “extremamente gélido” e “Harry não esperava que tudo voltasse ao normal, mas seu sentimento depois de ver sua família era de que há muito chão a ser percorrido. Resta saber se isso é mais difícil ou mais fácil de fazer estando do outro lado do mundo”.

Leia mais sobre a Família Real britânica:

Mas eles devem se reencontrar em público ainda este ano

O Príncipe Harry deve voltar ao Reino Unido e se unir ao seu irmão, Príncipe William em uma ocasião em homenagem à Princesa Diana. O evento deve reunir a imprensa e os membros sêniores da Família Real em cerimônia no Palácio de Kensington, para relembrar o aniversário de Lady Di. Ela faria 60 anos se estivesse viva.

Uma estátua de Lady Di será instalada no local favorito da princesa no Palácio de Kensington: o Sunken Garden. Em 2017, o Sunken Garden foi transformado em uma bela homenagem a Diana no 20º aniversário de sua morte, apresentando uma exibição de suas flores favoritas, como miosótis, lírios brancos, rosas brancas, tulipas, narcisos e margaridas. O jardineiro-chefe do Palácio de Kensington, Sean Harkin, disse que o esquema de cores era uma homenagem ao amor de Diana por brancos e cremes em seu próprio estilo pessoal.

A estátua será inaugurada no dia 1º de julho de 2021, mesma data do 60º aniversário da Princesa Diana. O comunicado oficial foi enviado à imprensa direto do setor de comunicações do Palácio de Kensington e dizia: “A estátua será instalada no Sunken Garden do Palácio de Kensington em 1º de julho de 2021, marcando o 60º aniversário da princesa. Os príncipes esperam que a estátua ajude todos aqueles que visitam o Palácio de Kensington a refletirem sobre a vida de sua mãe e seu legado”.

Quando começaram os desentendimentos

Os desentendimentos entre os dois irmãos começaram após a saída de Harry e Meghan da Família Real. No ano passado, os dois optaram por abrir mão de seus cargos como membros da Coroa e foram morar no Canadá, posteriormente se mudaram para os Estados Unidos. Mas, embora o anúncio tenha sido feito em março de 2020, somente em fevereiro de 2021 o Palácio de Buckingham emitiu um comunicado oficial sobre o tema.

Na época, os especialistas divulgaram que o atraso de quase um ano na emissão de um comunicado oficial teria sido um pedido da própria Rainha Elizabeth, na esperança de que o neto e a esposa voltasse atrás. Muito embora essa informação não tenha sido confirmada, o fato é que os dois não voltaram atrás na decisão. 

Os Sussex não só não voltaram atrás como outro fator foi decisivo no desentendimento entre os irmãos: a entrevista bombástica de ambos à apresentadora estadunidense Oprah Winfrey. Nela, Meghan Markle declarou que seu filho Archie teria sido alvo de comentários racistas e que teria sido negado a ela atendimento psicológico. Em resposta, alguns dias depois, o Príncipe William foi indagado por um repórter sobre as declarações da cunhada e disse: “Não somos uma família racista”.

Três dias depois da divulgação da entrevista, o Palácio de Buckingham divulgou uma nota na qual esclarece que a rainha Elizabeth ficou triste com tudo o que foi relatado por Meghan e Harry durante a entrevista e que tudo será “resolvido em família”.