Foco

Novo vídeo mostra motorista de Porsche com voz pastosa antes de acidente com morte, em SP

Namorada de Fernando Sastre, 24, se recusou a entrar no carro enquanto ele dizia que ia ‘jogar sinuca’

Ele virou réu e está cumprindo prisão preventiva
Empresário Fernando Sastre, 24, apareceu em vídeo falando com a voz pastosa antes de acidente que matou motorista de app, em SP (Reprodução/SBT News)

ANÚNCIO

Um novo vídeo que foi encaminhado ao Ministério Público de São Paulo (MP-SP) mostra o empresário Fernando Sastre de Andrade Filho, de 24 anos, momentos antes de bater um Porsche contra um Renault Sandero, matando o motorista de aplicativo Ornaldo Viana, de 52. Na gravação, é possível ver que o condutor do carro de luxo falava com a voz pastosa, enquanto a namorada dele, Giovanna Pinheiro da Silva, se recusou a entrar no veículo. O rapaz insistia em seguir viagem, dizendo que ia “jogar sinuca”.

ANÚNCIO

Veja abaixo o vídeo divulgado pelo SBT News:

A cena foi gravada por Juliana de Toledo Simões, namorada de Marcus Vinicius Machado Rocha, amigo do empresário que seguiu com ele no Porsche se feriu gravemente no acidente.

As imagens mostram quando Giovanna pergunta a Fernando: “Você quer apanhar?”. Ele responde com a voz pastosa: “Vamos jogar sinuca”. Na sequência, Juliana pergunta: “Vamos o que, Fernando?” e ele repete: “vou jogar sinuca”. Giovanna então diz: “Eu não! Cê vai sozinho, tchau. Eu vou embora com eles”. E a porta do Porsche é fechada.

Esse vídeo foi gravado por volta das 2h16 do último dia 31 de março. Conforme imagens de câmeras de segurança, 13 minutos depois, às 2h29, Fernando atingiu o Renault Sandero, que trafegava na Avenida Salim Farah Maluf, no Tatuapé.

O empresário e a namorada afirmam que ele não consumiu bebidas alcoólicas naquela noite. Porém, Juliana e Marcus confirmaram que eles tomaram alguns drinks em um restaurante, antes de irem até a casa de pôquer. Foi na saída desse último local que esse vídeo foi gravado.

Empresário é procurado pela polícia
Motorista de Porsche fugiu após bater e matar condutor de Renault Sandero, na Zona Leste de SP (Reprodução/Redes sociais)

Prisão preventiva

Fernando Sastre teve a prisão preventiva decretada no último dia 3 de maio e se entregou à polícia após três dias foragido. A defesa dele aguardava o resultado do habeas corpus pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas obteve uma resposta negativa.

ANÚNCIO

Assim, incialmente, ele foi levado para o Centro de Detenção Provisória II (CDP), em Guarulhos, na Grande São Paulo. Mas, no último sábado (11), foi transferido para a Penitenciária II de Tremembé, no interior paulista, conhecida por abrigar presos famosos.

Fernando virou réu no caso pelos crimes de homicídio doloso qualificado e lesão corporal gravíssima, ambos na modalidade dolo eventual.

O Ministério Público sustentou na denúncia que o empresário assumiu o risco de matar o motorista de aplicativo, que seguia no Renault Sandero. Além de estar a mais de 150 km/h, sendo que a máxima permitida na via é de 50 km/h, testemunhas afirmam que o condutor de carro de luxo estava embriagado.

Ainda conforme a denúncia, o empresário também cometeu o crime de lesão corporal gravíssima contra o amigo, Marcus Vinicius. Após ter alta do hospital, ele teve complicações no quadro de saúde e voltou a ser internado. Na segunda-feira, ele teve alta novamente, mas ainda deve passar por pelo menos mais uma cirurgia para corrigir o rompimento do ligamento do joelho esquerdo.

Antes de ter a prisão preventiva decretada, Fernando Sastre falou com o programa “Fantástico”, da TV Globo. Na ocasião, ele ressaltou que “tomou água” na ocasião do acidente, ocorrido no último dia 31 de março, e ainda questionou a perícia que apontou alta velocidade.

A Justiça de São Paulo determinou que o empresário pague uma pensão mensal de dois salários mínimos para a família de Ornaldo, até o julgamento do caso. Ainda não foi analisado o pedido dos parentes da vítima de indenização no valor de R$ 5 milhões.

Polícia investiga o caso
Fernando Sastre de Andrade Filho (à esquerda) dirigia Porsche quando bateu na traseira de Sandero, matando o motorista de app Ornaldo da Silva Viana (Reprodução/Redes sociais)

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias