Social

Mãe é acusada de matar o filho para se vingar do pai da criança

Ela teria estrangulado o filho como forma de retaliação por conta de uma decisão judicial favorável ao pai do menino.

Um caso extremo chocou os moradores de Buenos Aires, na Argentina. Uma mãe está sendo acusada de estrangular o filho de dois anos para se vingar após o pai do menino conquistar a guarda do filho na justiça.

Conforme notícia publicada pelo T13, Milo Alexander Derto chegou morto ao hospital. Ele teria sido estrangulado pela própria mãe. O crime aconteceu na madrugada do sábado, 15 de janeiro.

Segundo informações, o crime foi motivado por uma determinação da justiça que concedeu a guarda do menino para seu pai, ex-companheiro da mulher.

O relacionamento entre o casal terminou de forma agressiva no dia 1º de janeiro. O pai de Milo alegou estar cansado das constantes agressões de sua mulher, optando por acabar com o relacionamento dos dois.

Ela teria estrangulado o filho como forma de vingança

Em publicações realizadas pela mídia local, o homem decidiu entrar na justiça por estar preocupado com as ações da mulher em relação ao seu filho.

Essa teria sido a primeira vez que ele apresentou uma queixa formal contra a ex-companheira.

Após a denúncia, o homem alega ter começado a receber diversas ameaças da mãe de seu filho, afirmando que iria matar a criança e tirar sua própria vida em seguida.

Confira também:

O homem então voltou a pedir ajuda as autoridades. “Pedi que fizessem um teste psicológico na mãe e na criança”, afirma o pai.

Ao ser notificado do crime, o pai, desolado, encaminhou à polícia todos os registros de ameaça que estavam em sua posse. “Já entreguei tudo e agora vou apagar, não posso viver com isso”.

A mãe da criança foi presa pelo crime e aguarda julgamento.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos