Social

Mãe é acusada pelo assassinato de sua filha de cinco meses

Uma mulher está sendo investigada após ser considerada suspeita de esfaquear sua filha de cinco meses até a morte.

Ela foi acusada pelo assassinato de sua filha de cinco meses.

Kristhie Alcazar, de 26 anos, está sendo acusada pelo assassinato de sua filha de cinco meses. Segundo a polícia de Nova Jersey, nos Estados Unidos, ela teria esfaqueado a criança até a morte.

Conforme notícia publicada pelo Meganoticias, a polícia foi até o local após receber uma ligação de emergência com um “ruído audível de fundo”.

Ao chegarem no local, as autoridades encontraram Kristhie discutindo com outra pessoa enquanto o corpo do bebê estava em um local próximo a mulher.

Segundo um vizinho, que preferiu não ser identificado, “A mãe da mulher estava gritando e eu sabia que tinha acontecido algo errado”.

“O serviço de emergência médica entrou lá e quando eles saíram sem o bebê, eu sabia que ele estava morto porque do contrário eles a teriam transportado”, acrescentou o morador.

A polícia recolheu diversas facas de dentro da casa, bem como evidências que não foram divulgadas. A mulher foi algemada e presa no local.

‘”Ela parecia uma mãe tão boa”

Conforme as autoridades que atuaram na cena do crime, a menina apresentava múltiplas facadas no peito e o caso foi registrado como “morte de um menor em assassinato resultante de múltiplas facadas”.

Para alguns vizinhos, o crime teve um grande impacto na comunidade. “Ela parecia uma boa mãe, mas eles disseram que ela estava no pós-parto e eu não tenho ideia de como é, então não posso julgar”, declarou um dos vizinhos.

Confira também:

“Eu morei com ela por dois anos e meio, então é um choque para mim”, declarou Arthur Edge, um homem que morava na casa ao lado da mulher.

Kristhie está atualmente detida na Cadeia do Condado de Salem sob acusação de homicídio e crime de porte de arma.

O pai da menina não estava presente no momento do crime. Segundo a polícia, não foram registrados outros feridos durante o evento.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos