Social

Ela ficou chocada após seu marido pedir para convidar o irmão para a sala de parto

Uma mulher ficou perplexa após o marido pedir a ela que convidasse seu irmão para assistir ao parto dos sobrinhos.

Uma mulher foi até o Reddit para pedir conselhos depois que seu marido decidiu convidar o irmão para assistir ao parto de seus filhos.

Conforme a notícia publicada pelo The Mirror, a mulher relata ter ficado perplexa com a insistência de seu marido em convidar o irmão para a sala de parto.

“Estou atualmente com 31 semanas de gravidez de gêmeos, um menino e uma menina. Meu marido e eu temos 21 anos e estávamos tentando ter um bebê por cerca de um ano antes de conseguirmos”, relata a mulher.

“Tive uma gravidez difícil e meu cunhado, que é estudante de medicina, se interessou muito pela minha gravidez e pelo parto. Nós sempre nos demos bem. Ele tem 24 anos. Conheço a família do meu marido desde que éramos crianças, então praticamente crescemos juntos”, explica.

Segundo ela, o marido revelou que o irmão manifestou interesse em presenciar o parto de seus sobrinhos e justificou isso com o fato de ser “benéfico do ponto de vista educacional” assistir ao nascimento de gêmeos.

Ela não deseja a presença do cunhado no momento do parto

Diante do pedido do marido, ela foi firme em sua decisão. “Eu disse que não, de jeito nenhum eu vou permitir isso. Não estou nem mesmo entusiasmada em permitir que meu marido me observe passar por isso, muito menos seu irmão”.

“Ele disse que seria uma boa experiência para ele e sua graduação como médico e eu disse que por mais que eu o apoiasse, minha experiência de ter um parto agradável era minha prioridade”, conta a mulher.

Confira também:

Segundo ela, o marido adotou uma postura defensiva diante de sua reação e explicou que gostaria de ter uma pessoa de apoio no momento do nascimento dos filhos.

Rapidamente os usuários comentaram em sua publicação, e muitos compartilharam de sua ideia e a ajudaram a se manter firme na decisão. “O parto já é difícil, não deixe ele intimidar você nessa questão”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos