Social

Vídeos e imagens fortes após captura de serial killer do DF se tornam virais; polícia tentou negociar

Esposa de Lázaro Barbosa prestou depoimento.

Após uma busca que durou 20 dias e envolveu uma força-tarefa de mais de 270 policiais, Lázaro Barbosa, de 32 anos, morreu nesta segunda-feira (28) quando baleado pela polícia.

De acordo com o Metrópoles, o acusado de matar uma família no Distrito Federal e balear outras cinco pessoas numa série de assaltos em chácaras na capital do país e em Goiás, foi morto durante confronto com forças policiais em uma mata nas imediações da casa da ex-sogra, em Águas Lindas (GO).

Vídeos que mostram agentes levando Lázaro a uma ambulância e chegando ao hospital contém imagens fortes e começam a circular nas redes sociais.

A ex-mulher de Lázaro Barbosa foi levada esta manhã para a Delegacia Regional da Polícia Civilm onde prestou depoimento por uma hora e deixou o local em um carro. A força-tarefa recebeu a denúncia de que Lázaro estava na casa dela em Águas Lindas de Goiás.

 “Quando a polícia chegou, tentou negociar com ele, falaram: ‘Lázaro, conversa com a gente, vamos negociar’. Mas ele correu para o mato”, disse um morador à TV Anhanguera.

Confira mais:

  1. Último vídeo mostra Lázaro Barbosa vivo saindo de mata antes de confronto com a polícia
  1. Vídeo mostra momento em que a polícia encontra reféns de serial killer do DF na mata
  2. Vídeo mostra como ficou última casa invadida por serial killer do DF     
  3. Vídeo revela detalhes do confronto com Serial Killer do DF

Os vizinhos disseram que a ex-companheira de Lázaro chegou a correr com ele para a mata durante a fuga e que no último sábado (26), o fugitivo esteve na mesma casa, porém os policiais não chegaram para averiguar a denuncia.

A defesa do fazendeiro, de 74 anos, e um caseiro, de 33, suspeitos de ajudar o criminoso a fugir dos policiais, alega inocência e que Lázaro dormiu na propriedade por cinco noites, mas não foi denunciado antes por medo.

Após a audiência de custódia, o funcionário investigado recebeu liberdade provisória, mas a prisão do idoso foi mantida.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos