Vídeo mostra como mulher vive capturando pítons com as próprias mãos

Por Victória Bravo

Os vídeos de Donna Kalil capturando pítons com as próprias mãos fazem sucesso no Instagram. Apaixonada por cobras, ela foi a primeira mulher a integrar um projeto na Flórida para erradicar as pítons, que são uma espécie invasora e que desequilibra o ecossistema do local. Hoje ela conta com mais 14 companheiras certificadas.

De acordo com o Miami Herald, as píton se alimentam de 24 espécies de mamíferos e 43 espécies de pássaros, chegando a comer também crocodilos – o que causa um grande impacto na vida selvagem nativa.

“É muito empolgante cada vez que você se depara com uma cobra e sabe que toda vez que pega uma, está ajudando a preservar a vida selvagem nativa de Everglades. Apesar de se tornarem um problema no sul da Flórida, as pítons são animais majestosos ”, disse a caçadora de 58 anos.

O interesse pelos animais começou na infância, quando morou em Caracas, na Venezuela, onde seu pai trabalhava para a Força Aérea dos Estados Unidos. Lá, diversas espécies invadiam o quintal da família e ela viveu próxima da natureza.

Confira mais notícias:

Donna já capturou 481 pítons e decidiu deixar seu trabalho de corretora imobiliária para  se dedicar a este oficio depois que viu uma notícia sobre uma cobra que explodiu após engolir um crocodilo de 1,80 metros.

El também come os ovos das cobras e usa sua pele para outros fins, inclusive fornecendo para artesãos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo