Foco

O que se sabe sobre a morte de mãe e filho que comeram doce de estabelecimento famoso e passaram mal

Polícia Civil de Goiás descartou que doceria é responsável por morte de familiares no último final de semana

Mãe e filho faleceram no último final de semana; doceria não será responsabilizada

Após uma mãe de 86 anos e o filho de 58 anos morrerem no último final de semana em Goiânia (GO), a polícia civil isentou a responsabilidade de uma doceria famosa da cidade onde os dois haviam passado.

Leonardo Pereira Alves e a mãe foram internados após passarem mal e apresentarem sintomas de vômito, diarreia e dores abdominais. Eles faleceram com poucas horas de diferença na noite do último domingo (17).

LEIA TAMBÉM: Crime ousado! Ladrões furtam joalheria e fogem usando rapel

“Hoje acordou um dia normal. Papai acordou, comeu um alimento comprado em um estabelecimento famoso e bem credificado, mas acabou passando mal. Vomitou sem parar, por horas, buscou atendimento médico e, quando eu soube da situação, já havia ocorrido uma série de complicações que acabaram levando à óbito”, escreveu a filha de Leonardo no Instagram.

Ao site UOL, a a Delegacia Estadual de Homicídios confirmou que a investigação concluiu que a doceria não tem relação com as mortes, contudo mais detalhes não foram divulgados.

“Fizemos a fiscalização por completo, não só nos alimentos semelhantes aos que foram consumidos pelas vítimas como também em toda a loja. Neste momento, nós não encontramos nenhuma irregularidade que guardasse qualquer correlação entre o que nós constatamos e o crime que aconteceu”, afirmou o superintendente do Procon-GO à Record TV.

⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅

LEIA MAIS:

Ex-jogador do PSG e Seleção Argentina é esfaqueado por parente

Vídeo mostra momento em que Manoel Soares reagiu a assalto dentro de casa, em SP; assista

Jovem é agredida por homem em situação de rua e sofre corte na orelha: “Simplesmente virou o soco”

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos