Foco

Detalhes da maior busca por Madeleine McCann dos últimos anos: lugar frequentado por pedófilo e ocultação de cadáver

Tudo o que está acontecendo agora.

ANÚNCIO

Em 2007 o mundo era informado sobre o desaparecimento de Madeleine McCann. A menina de apenas três anos foi deixada dormindo em um quarto de resort na Praia da Luz, em Portugal, antes de nunca mais ser vista novamente.

ANÚNCIO

Na época, Christian Brueckner, um pedófilo condenado e preso por estupros, vivia perto do local e após anos se tornou o principal suspeito do crime, mesmo que sua defesa negue qualquer envolvimento com o caso da menina britânica.

Essa semana, a polícia portuguesa juntamente com agentes alemães e britânicos, retomou as buscas por Madeleine McCann na barragem do Arade, um local próximo a Praia da Luz e que foi apontado como uma zona frequentada por Chistian antes de ser preso.

Mais detalhes sobre a principal busca de Madeleine McCann nos últimos anos

No momento, atuam entre 20 e 30 polícias, alguns deles fardados. A polícia portuguesa montou uma tenda azul e isolou a área.

De acordo com o Infobae, testemunhas informaram que os agentes iniciaram a busca pouco antes das 08:00 da manhã em uma área e mais de uma dúzia de carros e caminhões da polícia foram vistos chegando ao local.

As buscas retomadas a pedido da Alemanha e com a colaboração da Grã-Bretanha buscam vestígios em terra que possam levar a Madeleine ou ao suspeito alemão.

Brueckner está cumprindo uma sentença de sete anos de prisão na Alemanha por um estupro que cometeu em Portugal em 2005, mas mesmo sob investigação por suspeita de assassinar Madeleine, ele ainda não foi acusado pelo crime.

ANÚNCIO

daily mail
daily mail (daily mail)

A barragem do Arade se torna pela segunda vez um local de buscas dos agentes. Na primeira vez, o advogado português Marcos Aragão Correia que tomou a iniciativa de organizar as buscas acusando a Polícia Judiciária de Portugal de ter ignorado uma denúncia.

O advogado informou que recebeu uma informação sobre a localização do corpo da menina, que e teria sido atirado na barragem dois dias depois do seu desaparecimento.

Correia então contratou uma equipe de mergulhadores e pagou de seu próprio bolso cerca de 5 mil euros. As buscas duraram quatro dias e apenas sacolas com ossos indentifiacados como “não humanos” foram encontrados.

As informações que fizeram com que o advogado começasse a busca são de que o crime incluiria rapto, estupro e assassinato de Madeleine McCann.

Confira mais:

Jovem que diz ser Madeleine McCann é hospitalizada e volta a fazer promessas

Detalhe que foi mencionado por mãe Madeleine McCann é o maior arrependimento da sua vida

Jovem que diz ser Madeleine McCann revela quando sua vida desmoronou

Jovem que diz ser Madeleine McCann tem uma nova obsessão e promete contar a verdade

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias