Foco

Casamento de prefeito e ‘musa teen’: após denúncia de nepotismo e polêmica por idade, união pode ser anulada

Político de 65 anos se casou com menor e deu cargo à sogra; agora, celebrante da cerimônia virou alvo

Caso tem dado o que falar

Após ser alvo de denúncia de nepotismo e polêmicas em razão da diferença de idade, o casamento entre o prefeito de Araucária (PR), Hissam Hussein Dehaini (sem partido), e a adolescente Kauane Rode Camargo, de 16, corre o risco de ser anulado. O motivo: o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apura se a celebrante da cerimônia, a vice-prefeita do município, Hilda Lukalski Seima (PSD), cometeu uma irregularidade.

De acordo com reportagem do site G1, Hilda é oficial do Cartório de Araucária há mais de 40 anos, mas, como ocupa o cargo de vice-prefeita, está afastada das funções. Dessa forma, não poderia celebrar nenhum casamento.

“Em pesquisa nos dados do sistema Justiça Aberta do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o afastamento da vice-prefeita de suas atividades cartorárias foi determinado pelo período entre 1º de janeiro de 2021 a 31 de dezembro de 2024. Se for comprovada a infração, o casamento pode, inclusive, ser anulado”, destacou nota do órgão.

Recomendados

O corregedor nacional de Justiça, ministro Luis Felipe Salomão, determinou na quinta-feira (27), após repercussão sobre o casamento, uma apuração para saber se Hilda estava ocupando cargo eletivo e as atividades cartoriais ao mesmo tempo. Assim, ele deu um prazo de cinco dias para que a Corregedoria-Geral da Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR) dê explicações sobre a atuação de Hilda.

A vice-prefeita de Araucária não foi encontrada para comentar o assunto até a publicação desta reportagem, assim como o prefeito.

Já a Prefeitura de Araucária informou, em nota, que a vice-prefeita está afastada da função de Oficial do Cartório de Registros Civis da Comarca, desde janeiro de 2017, em razão da incompatibilidade do cargo eletivo com o de tabeliã.

O casamento e as polêmicas

O casamento do prefeito com a adolescente logo virou alvo de polêmicas. O político, que tem 65 anos, se casou com Kauane no último dia 12, de acordo com reportagem do site UOL. No Brasil, menores de 18 anos podem se casar, desde que tenham a autorização dos pais.

Assim, nada data da cerimônia, eles apresentaram a documentação exigida e oficializaram a união, conforme consta no Jornal Oficial dos Cartórios de Registro Civil do Brasil.

Pais da menor autorizaram a união

No dia 13 de abril, foi a vez da sogra do prefeito, Marilene Rode, ganhar o cargo de secretária municipal de Cultura e Turismo, na mesma pasta onde a tia da adolescente também já atuava. Essa medida virou alvo de uma investigação do Ministério Público do Paraná pela prática de nepotismo, que é a contratação de parentes, considerado um ato de improbidade administrativa pela legislação federal.

Após repercussão negativa sobre o caso, Dehaini exonerou a sogra, em publicação feita no Diário Oficial nesta quarta-feira (26). A tia de Kauane também foi exonerada, mas, como é funcionária de carreira da prefeitura, seguirá em atividades em uma área não informada.

Dehaini, que era filiado ao partido Cidadania, também deixou a legenda pela qual se elegeu para dois mandatos na cidade de Araucária.

Já Kauane, que agora é primeira-dama, era conhecida na cidade por participar de concursos de beleza. No ano passado, ela foi a segunda colocada no concurso Miss Araucária Teen. A garota ainda frequenta o Ensino Médio em um colégio cívico-militar da cidade.

Nas redes sociais, internautas criticaram a diferença de idade do casal e também o fato do prefeito ter nomeado parentes para cargos na prefeitura. Veja algumas postagens abaixo:

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos