Foco

Maduro chama Bolsonaro de ‘imbecil’ e ‘palhaço’ por associar vacina à Aids

Críticas foram feitas durante discurso na TV na noite de ontem

Maduro chamou Bolsonaro de 'imbecil' por espalhar fake news

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, fez duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro por associar as vacinas contra a covid-19 à Aids. Em discurso transmitido pela TV estatal na noite da última terça-feira (26), ele chamou o mandatário brasileiro de “imbecil” e “palhaço”.

“Temos que promover a vacinação. O imbecil do Jair Bolsonaro no Brasil... Imbecil, palhaço, disse ontem uma estupidez típica de alguém de direita, desprestigiado”, disse Maduro.

LEIA TAMBÉM:

O venezuelano continuou: “Bolsonaro passa o seu tempo todos os dias falando mal da Venezuela em vez de se dedicar a governar e atender ao povo. O Brasil atingiu 600 mil mortes pelo coronavírus”.

A notícia falsa propagada por Bolsonaro em uma de suas lives fez com que o YouTube suspendesse, na segunda-feira (25), o canal do presidente por uma semana e derrubasse a live. Facebook e Instagram já haviam retirado o conteúdo de suas plataformas.

Apesar das críticas ao brasileiro, vale lembrar que Maduro também já teve postagens deletadas por defender remédios “milagrosos” contra o novo coronavírus no ano passado.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos