logo
Foco
/ Pixabay/Divulgação / Pixabay/Divulgação
Foco 15/09/2021

Casos de feminicídio caem 7,07% de janeiro a julho deste ano ante 2020, diz SSP

Foram contabilizados 92 boletins de ocorrência; ano passado haviam sido 99 no mesmo período

Por : Metro World News

O Estado de São Paulo encerrou o mês de julho com redução nos casos e vítimas de feminicídio, informou nesta quarta-feira (dia 15) a SSP (Secretaria de Segurança Pública). Nos primeiros sete meses deste ano, a diminuição no número de ocorrências foi de 7,07%. Foram contabilizados 92 boletins de ocorrência, ante 99 de janeiro a julho de 2020.

LEIA TAMBÉM:

Na quantidade de vítimas de feminicídio, o recuo foi 6,93%. A diferença ocorre já que um registro pode ter mais de uma vítima. O total passou de 101 para 94, na comparação entre os acumulados dos primeiros sete meses de 2020 e de 2021. Em ambos os índices, a queda foi de sete registros, em números absolutos. No mesmo período, 41 autores foram identificados e presos pelas polícias paulistas.

São Paulo conta hoje com 138 DDM (Delegacias de Defesa da Mulher), sendo dez com atendimento 24 horas. Além das unidades especializadas, todas as delegacias do Estado são aptas a registrar casos dessa natureza.

Além das unidades físicas, no ano passado, o Governo de São Paulo criou a DDM Online para estimular o registro de ocorrências no período de isolamento social ocasionado pela pandemia. Até a última segunda-feira (dia 13), mais de 38,5 mil registros de violência doméstica foram registrados eletronicamente.