logo
Foco
/ Free Images / Free Images
Foco 09/09/2021

Homem é preso por matar colega de trabalho em Itanhaém, no litoral de São Paulo

Ele disse que cometeu o crime após se recusar a fazer sexo com a vítima.

Por : Metro World News

Um homem de 48 anos foi preso por matar e decepar o pênis de um colega de trabalho, em Itanhaém, no litoral sul de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, ele confessou o homicídio e disse que cometeu o crime depois que a vítima tentou manter relações sexuais com ele, que recusou.

O crime ocorreu no último dia 28 de agosto em uma pousada em que ambos estavam hospedados. Segundo a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), após matar a vítima, o homem arrastou o corpo até uma praia no bairro Gaivota. Quando a vítima foi encontrada tinha marcas de facadas entre o tórax e o pescoço, além do pênis decepado.

Leia também:

Na ocasião, os policiais foram até a pousada e encontraram várias marcas de sangue pelo local. Além disso, o órgão genital da vítima estava dentro de uma panela.

Polícia encontrou marcas de sangue em pousada onde ocorreu o crime, em SP
Divulgação/Polícia Civil
Pousada onde ocorreu o crime estava cheia de marcas de sangue

A polícia passou a procurar pelo suspeito, que foi localizado na quarta-feira (8) em São Vicente, também no litoral paulista. Na delegacia, o suspeito afirmou que discutiu com o colega no quarto da pousada, quando ambos faziam o uso de cocaína. Foi quando a vítima teria tentado ter relações sexuais com ele, que não aceitou. Em seguida, ele esfaqueou e matou o homem.

Ainda de acordo com a DIH, o suspeito tentou limpar o local do crime, mas, sem sucesso, decidiu arrastar o corpo da vítima até a praia e fugiu em seguida.

O autor do crime teve a prisão provisória decretada pela Justiça. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Peruíbe. O homem já tinha antecedentes por crimes como furto, roubo, receptação, ameaça e lesão corporal.