Foco

Brasil registra 1.552 mortes pela covid-19 nas últimas 24h; total chega a 539 mil

Brasil é a segunda nação com mais mortes registradas pela doença

O Brasil registrou 1.552 novas mortes pela covid-19 nesta quinta-feira, 15, e somou mais 52.720 casos da doença nas últimas 24 horas. Ao todo, já são 539.050 mortes e 19.261.741 diagnósticos positivos do coronavírus, apontam dados do consórcio de veículos de imprensa.

É a segunda nação com mais mortes registradas pela covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, e a terceira em número de casos registrados, atrás de Estados Unidos e Índia. A média móvel de vítimas dos últimos sete dias, que tem o objetivo de eliminar distorções entre dias úteis e finais de semana, agora é de 1.244. Na véspera, o índice havia ficado em 1.270.

Leia também:

Doria testa positivo para covid-19

Sem máscara, Bolsonaro tira foto com paciente no hospital onde está internado

Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado diariamente às 20h. Segundo os números do governo federal, 17,9 milhões de brasileiros se recuperaram da doença.

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita começou no dia 8 junho do ano passado, em resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, e foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

O Ministério da Saúde informou nesta quinta que foram registrados 52.789 novos casos e mais 1.548 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 19,2 milhões de pessoas infectadas e 538.942 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos