Estilo de Vida

Krav Magá: envelheça de forma saudável praticando a técnica de defesa pessoal

Dia 24 de janeiro é comemorado o dia nacional do aposentado

Krav Magá: envelheça de forma saudável praticando a técnica de defesa pessoal

Dia 24 de janeiro é comemorado o dia nacional do aposentado e após trabalhar por vários anos, o que muitas pessoas querem é saúde para usufruir do merecido descanso, não é mesmo? Segundo o Instituto Brasileiro de Estatística (IBGE), caso não houvesse a pandemia de covid-19, a expectativa de vida no Brasil passaria de 76,6 anos (2020) para 76,8 anos (2021).

Mas como envelhecer de forma saudável? A alimentação e a prática de exercícios físicos estão diretamente ligadas à redução de danos causados pelo tempo. Mas se engana quem acha que atividade física para a terceira idade significa somente caminhar. “Os exercícios de defesa pessoal são uma alternativa para o idoso que passa a ter mais tempo para dedicar à saúde e pretende aprimorar suas habilidades físicas”, explica Avigdor Zalmon, presidente da Federação Internacional de Krav Magá.

LEIA TAMBÉM:

Pré-menopausa: saiba como identificar os sintomas

Positividade tóxica: é necessário sempre pensar positivo e parecer feliz?

Os cuidados com a depilação durante o verão

A atividade pode ser uma ótima escolha para os idosos, pois não existe uma idade limite para a prática e não exige força física, já que a técnica de defesa pessoal israelense se baseia nos movimentos naturais do corpo. “Além de promover melhora no condicionamento físico, a prática do Krav Magá auxilia também a saúde mental e promove a autoestima e a autoconfiança”, diz Avigdor.

Outro benefícios adquirido com a atividade são os reflexos, que ficam mais aprimorados, algo que vai sendo perdido com o passar do tempo. “Quem pratica o Krav Magá aprende a conhecer melhor o próprio corpo e suas limitações, auxiliando inclusive no desenvolvimento do equilíbrio, flexibilidade, melhora na coordenação motora e autocontrole”, afirma Zalmon.

Além disso, o Krav Magá também pode prevenir a hipertensão, diabetes, osteoporose e ajudar no controle da ansiedade.

Atenção!

Independentemente da atividade física escolhida para praticar, é importante a orientação e o acompanhamento de um profissional da área da saúde.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos