logo
/ Reprodução / ABC / Reprodução / ABC
Estilo de Vida 08/07/2021

Os signos do zodíaco que podem ser tóxicos sem perceber

E isso pode acabar com os relacionamentos!

Ao olhar apenas para si e levar em conta somente aquilo  que desejam, muitas pessoas acabam desenvolvendo comportamentos que afetam muito os outros e tornam os relacionamentos insustentáveis.

Confira os signos do zodíaco que podem ser tóxicos sem perceber:

Áries

O ariano é desafiador, mas nem sempre ele mostra isso logo de cara. Seu lado egoísta surge quando existem crises no relacionamento e eles não abrem mão das suas necessidades, o que gera muita dificuldade em olhar para os interesses do outro e ser empático com eles. Quando um objetivo ocupa a sua mente, este signo será imparável e não deixará espaço para a sensibilidade.

Touro

O taurino pode até mostrar seu lado teimoso com facilidade, mas ele acaba se tornando tóxico quando não dá espaço ao outro e quer “marcar território” de todas as formas. Dessa maneira, ele justifica atitudes obsessivas e pode entrar em conflitos por querer a atenção apenas para si. Ao cair neste tipo de manipulação, ambos os lados podem desgastar a conexão e ficam cada vez mais inseguros.

Descubra mais sobre os signos:

Gêmeos

O geminiano pode ser muito inteligente e interessado nas experiências das outras pessoas. No entanto, existe um lado da sua personalidade que está constantemente mudando de ideia e escolhendo novos caminhos. Isso só se torna tóxico quando ele usa seus recursos para “jogar dos dois lados” e acaba criando intrigas ao revelar informações que deveriam ser guardadas.

Aquário

O aquariano pode ser muito diplomático e ligado as necessidades das pessoas que o rodeiam. No entanto, ele pode acabar caindo em comportamentos tóxicos quando não se deixa sensibilizar por nada e exige que as outras pessoas aguentem qualquer coisa. A frieza e a distância emocional não o deixam entender os problemas alheios, se não que cobrar uma mudança de atitude que nem sempre está aliada com o processo de cura da outra pessoa; se torna difícil aceitar que todos são diferentes.