Cachorros e gatos podem pegar COVID-19?

Por Camilla Viegas

Casos pelo mundo e no Brasil foram notícia sobre a presença do novo coronavírus em gatos e cães. Em outubro do ano passado, uma gata foi diagnosticada com COVID-19 no estado do Mato Grosso, e dois cães receberam o mesmo diagnóstico no Paraná em novembro. Esses foram os primeiros casos identificados de gatos e cães com coronavírus no Brasil.

Mas, de acordo com o médico veterinário Abílio Varella Lisboa, pesquisador do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict), da Fiocruz, o risco de animais contraírem COVID-19 e passarem para seus donos é praticamente nulo. “Há evidências de que as infecções nos animais são geralmente resultado de um contato próximo de pessoas — tutores ou tratadores — infectadas com Covid-19. Mas há pouca ou nenhuma evidência de que os animais domésticos sejam facilmente infectados com SARS-CoV-2”, explica o veterinário.

No mesmo caminho vai o virologista Paulo Eduardo Brandão, professor da Faculdade de medicina Veterinária da USP. Em entrevista à Jovem Pan, ele explicou ainda que os pets não transmitem a doença. “Raros cães e gatos foram encontrados infectados pelo novo coronavírus, que é o vírus causador da Covid-19. Além disso, esses animais foram hospedeiros terminais. Não transmitiram o vírus entre si e não transmitiram o vírus para as pessoas. Tiveram sintomas diversos, não necessariamente relacionados à Covid-19″, explica.

Leia mais:

cão e gato Foto: Unsplash/ Louis-Philippe Poitras

Diante disso, o cuidado com a higiene dos peludos, principalmente os que passeiam com frequência, devem ser tomados pelos humanos, inclusive fora do período da pandemia.

Veja os cuidados que você precisa tomar com o seu bichinho de estimação durante essa pandemia.

  • Evite passear com seu cão em locais onde há aglomeração de pessoas.
  • Ao chegar em casa, limpe as patinhas do cachorro com uma solução “limpa-patas ou com um antisséptico para pets, ambos produtos podem ser encontrados em lojas especializadas. Nunca passe álcool em gel nas patinhas de cães e gatos. Além de não serem produtos específicos para os peludos, podem causar irritação na pele.
  • Pessoas que estão com COVID-19 devem evitar o contato com animais, já que não há dados precisos sobre a infecção em pets.
  • A recomendação do Conselho Federal de Medicina é que os tutores façam quarentena e evitem o contato com os animais.
  • Lave bem as mãos antes e depois de brincar com os bichinhos. A lavagem é obrigatória depois de manusear os alimentos e limpar a urina e as fezes do animal.

Ano Novo Chinês 2021: o Ano do Boi

Ano Novo Chinês 2021: o Ano do Boi

Ano Novo Astrológico Chinês começa em 3 de fevereiro de 2021

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo