Vitamina C para a pele: como usar e quais marcas são fáceis de encontrar

Por Camilla Viegas

Junto com o ácido hialurônico, a vitamina C se tornou um dos mais conhecidos ingredientes na formulação de dermocosméticos nos últimos tempos. Ela “tem ação antienvelhecimento diminuindo as rugas, isso porque ajuda a aumentar a síntese de colágeno, e ainda é capaz de diminuir a sua degradação”, esclareceu a médica Sineida Ferreira, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, em entrevista ao DermaClub.

A Vitamina C é um ativo com múltiplas funções, tendo como principal a ação antioxidante, mas também estimula a produção de colágeno, reduz as linhas finas e deixa o tom da pele mais uniforme. Essa substância tem a capacidade de promover a luminosidade da pele, deixando um aspecto saudável e radiante. “O ingrediente também trabalha sinergicamente com a vitamina E, potencializando a proteção contra o dano oxidativo quando associados”, completa a médica.

Leia mais:

 

Pele Foto: Unsplash / Noah Buscher

 

Manhã ou noite?
Pela manhã, a Vitamina C pode ser aplicada, porém, em seguida, você deve aplicar o um filtro solar com FPS 30 (no mínimo). A Vitamina C vai potencializar a ação fotoprotetora e combater os danos gerados por outras fontes de agressão, como a poluição. Os dermatologistas indicam a aplicação pela noite pois é mais seguro para pacientes que podem esquecer de passar o filtro solar.

Para todos os tipos de pele?
É importante adaptar a textura do produto de acordo com o tipo de pele. Peles oleosas pedem cremes em textura sérum, mais aquosa. Para peles secas e sensíveis, o indicado são os cremes combinados com substâncias hidratantes.

Há vários dermocosméticos que trazem a Vitamina C na sua formulação, alguns em sua forma pura concentrada e outros em associação com outros ativos, tais como Vitamina E e ácido ferúlico. É importante sempre consultar o médico dermatologista para saber qual a necessidade da sua pele antes de comprar qualquer produto.

 

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo