Entretenimento

Humorista Heitor Martins, o Pit Bitoca, é sequestrado e passa 5 dias em cativeiro; veja o que ele contou

Famoso teve a casa furtava e o carro queimado no interior de São Paulo

Humorista fala sobre sequestro no interior de SP

O humorista Heitor Martins, conhecido por interpretar o personagem Pit Bitoca no “Zorra Total”, da TV Globo, foi vítima de um sequestro. Após cinco dias em um cativeiro, ele foi resgatado pela Polícia Civil na última quarta-feira (20).

“Aconteceu uma coisa comigo nesse final de semana. Eu fui sequestrado, fiquei cinco dias em cativeiro, inclusive queimaram meu carro, roubaram minha casa, mas graças a Deus, estou bem, estou vivo e mais forte agora, com todo esse carinho de vocês. Então, tudo tranquilo, graças a Deus. Estou vivo, saiu tudo bem. Foi o material, mas a vida vale muito mais que essas coisas todas”, disse Heitor.

Segundo a polícia, no último sábado (17) Heitor marcou um encontro com uma mulher que conheceu em um aplicativo de relacionamentos. O casal iria se encontrar em São José dos Campos, no interior de São Paulo e a 40 quilômetros de Taubaté, onde mora o humorista.

Ao chegar ao local marcado, porém, ele foi abordado por quatro homens que o levaram a um cativeiro. os bandidos pegaram seus cartões com as senhas e a chave de sua casa.

O intérprete de Pit Bitoca acabou deixado em uma estrada em São José dos Campos e conseguiu ajuda para chamar a polícia. Na fuga, os criminosos incendiaram seu veículo a poucos metros do cativeiro.

Os valores roubados, somando os objetos levados da casa e as contas bancárias, não foram informados.

Humorista nega ‘golpe do Tinder’

Apesar de ter sido sequestrado ao ir ao encontro de uma mulher que conheceu por meio de um app de paquera, Heitor Martins negou que tenha caído o chamado ‘golpe do Tinder’.

“Não teve nada de mais. Não teve ‘golpe do Tinder’. Estão criando coisas na cabeça. Eu fui a São José dos Campos ao encontro de uma moça do Tinder. Aí fui pego lá e nem acabei encontrando a moça. Foi só.”, disse nos stories de seu Instagram ontem. “Eu fui ao encontro de uma moça do Tinder, mas não é golpe, ‘caí no golpe’. Também não sei. Já conheci várias pessoas no Tinder, sou amigo delas até hoje. É uma ferramenta normal. Pode ter gente ruim lá? Pode, claro. Mas eu não sei dizer pra vocês. Fui pego antes, fiquei em cárcere privado”, explicou.

O humorista afirmou ainda que não havia conseguido dormir até aquele momento e pediu paciência. “Quero recuperar a segunda chance que Deus me deu e, assim que estiver tudo certinho, a gente volta aqui para falar mais e mais e contar tudo o que aconteceu”, finalizou.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos