Entretenimento

Felipe Neto gasta R$ 60 mil em compras para casa

Vivendo momento difícil na vida pessoal e pensando em pausar a carreira, o influenciador falou o motivo para gastar tanto dinheiro

Nesta segunda-feira (03), Felipe Neto surpreendeu os seguidores ao afirmar, nas redes sociais, que gastou mais de R$ 60 mil em roupas de cama.

Segundo o influenciador digital, as compras foram para “afogar as mágoas”. Ele disse ainda que gastou no desespero por se sentir um pouco melhor.

“Eu fui no shopping hoje afogar as mágoas e comprar coisas pra tentar me sentir melhor. Descobri porque cartões de crédito precisam de limite. Spoiler: não me senti melhor”, começou ele deixando os seguidores ainda mais preocupados.

Foi então que o influenciador foi questionado sobre um fã. “Você gastou 26 mil reais em lençol?”, perguntou o seguidor. “Não. 60 [mil]. Com os edredons, fronhas e toalhas. Eu estou falando, ninguém deve ir ao shopping triste”, declarou o famoso.

LEIA TAMBÉM:

No sábado (01), Felipe contou aos seus seguidores que está “no fundo do poço”. Sem dar detalhes, ele abriu o coração e revelou que está contando com a ajuda dos amigos 24 horas por dia.

“Posso falar com você? Oi… Eu caí. Eu caí legal mesmo. E estou lá… No fundo do poço, com 20 cm de fezes, que não é suficiente pra me afogar, mas o suficiente pra querer afogar. Então… É onde eu to. Muita gente diz “ah rico não sofre, porque se tiver triste é só ir pras Maldivas”', começou ele.

Recentemente, ele falou ainda que pretende pausar a carreira, afirmando que se sente cansado e que precisa respirar. “2022 talvez seja meu último ano. Não sei… Preciso de férias… Respirar, pensar… Ver o que mais ainda existe de desafio”, disparou o youtuber, em seu perfil oficial do Twitter.

Durante os anos que está no ar no Youtube, Felipe Neto falou a respeito de depressão e já disse, em maio passado, que viveu o “pior dia do ano”. Isso ocorreu depois dele polemizar ao defender Enzo Celulari e receber muitos comentários negativos.

“Hoje foi o pior dia do ano pra mim. Não tem saúde mental o suficiente no mundo para lidar com as paradas que eu tive que ler. Não é me fazendo de vítima, tem gente muito pior que eu, que sofre coisas muito piores todos os dias. Tem gente com fome, tem gente na merda. Mas é isso”, desabafou o influenciador digital.

O famoso ainda ironizou alguns seguidores: “Mas eu entendo… É que não é setembro… Então tudo bem falarem as coisas que falaram. Em setembro geral posta que se importa”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos