Entretenimento

Rainha pode “boicotar” a BBC após documentário “bombástico”, avalia especialista

Após estreia do documentário ‘The Princess and The Press’, Rainha divulga nota conjunta com príncipe Charles e William.

A BBC lançou nesta semana a Parte 1 do documentário ‘The Princess and The Press’, que vai relembrar os capítulos do desentendimento entre os príncipes Harry e William, além de resgatar eventos da vida deles cobertos pela imprensa britânica. O documentário também enfoca na decisão do príncipe Harry e de Meghan Markle em se afastarem do trabalho como membros seniores da Coroa britânica.

Palácio de Buckingham, Clarence House e Kensington Place emitiram uma rara declaração conjunta em resposta ao documentário, que foi publicada pela Hello! Magazine: “Uma imprensa livre, responsável e aberta é de vital importância para uma democracia saudável. No entanto, muitas vezes são alegações exageradas e infundadas de fontes não identificadas que são apresentadas como fatos e é decepcionante quando alguém, incluindo a BBC, lhes dá credibilidade”. A nota conjunta representa a Rainha, os príncipes Charles e William.

Uma fonte real declarou ao Daily Mail que o documentário se tratava de uma “tagarelice” e informou ao jornal que a discussão sobre o programa deixou a Rainha “chateada”. Pessoas de dentro do Palácio de Buckingham, Palácio de Kensington e Clarence House ficaram particularmente irritados por não terem tido a chance de ver o show ou responder a qualquer reclamação.

O Daily Mail interpretou a nota emitida e divulgou que a Coroa poderia “boicotar” a BBC ao invés de simplesmente reclamar ao regulador Ofcom, Office of Communications, entidade reguladora da mídia no Reino Unido. “A decisão da Rainha, do Príncipe Charles e do Príncipe William de tornar públicas suas preocupações relatadas sobre o programa de duas partes da BBC esta noite, deixa claro que eles acreditam que os programas podem conter material bombástico”, disse o comentarista do Royal Richard Fitzwilliams ao Daily Mail.

Leia mais

“Os protestos denunciados do Palácio obviamente correm o risco de aumentar o número de visualizações, mas claramente o conteúdo pode ser tal que o Palácio sinta que o público deve ser avisado que, se assistir, verá um ponto de vista que pode ser fortemente disputado”, disse Richard Fitzwilliams ao Daily Mail, que também afirmou que “a Família Real não teve a chance de ver [o documentário] ou de responder a qualquer reclamação feita nele”.

A Parte 1 de ‘The Princess and The Press’ é sobre o início de 2000, a Parte 2 (que vai ao ar em 29 de novembro) se concentra diretamente em 2018-2021, “uma época tumultuada para a realeza que inclui o nascimento de Archie Mountbatten-Windsor e as viagens reais de Sussexes e Cambridges”, de acordo com a sinopse da emissora. A BBC informou ainda que o apresentador Amol Rajan “também analisa as circunstâncias que cercam a decisão dos Sussex de renunciar aos seus cargos reais superiores, explora os processos judiciais instaurados pelo casal contra alguns grupos de jornais de 2019 em diante e considera o impacto das experiências da princesa Diana com a imprensa e as emissoras tinham sobre seus filhos”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos