Entretenimento

Bob Dylan é acusado de drogar e abusar sexualmente de menina de 12 anos

Suposto abuso sexual teria acontecido em 1965 e a vítima teria sido uma criança de 12 anos. O porta-voz de Bob Dylan disse que “a afirmação é falsa”.

O crime teria acontecido há 56 anos. O cantor e compositor estadunidense nega e diz ser inocente.

Bob Dylan é acusado por uma corte de Nova York por ter drogado e abusado sexualmente de uma criança de 12 anos em 1965. Na ação apresentada na última sexta-feira, 13, uma mulher alega que Dylan teria abusado dela por um período de seis semanas entre abril e maio de 1965.

O documento judicial afirma que Dylan se aproveitou de «seu status como músico para dar a J.C. álcool e drogas e abusar sexualmente dela em múltiplas ocasiões». A ação também acusa o cantor e compositor, que completou 80 anos em maio, de ameaçar fisicamente a menina. O suposto abuso teria ocorrido no apartamento que o cantor tinha no famoso Chelsea Hotel de Nova York.

O porta-voz de Bob Dylan disse à BBC que «a afirmação é falsa e será vigorosamente defendida». A mulher, que teria sido abusada sexualmente, tem 68 anos e mora no estado de Connecticut. Ela é identificada nos documentos apenas pelas iniciais: J.C.

Leia mais sobre filmes e séries:

  1. ‘Gossip Girl’ faz pausa e retorna em novembro. Saiba o que aconteceu até agora
  2. Brie Larson confirma que as filmagens de ‘The Marvels’ já começaram
  3. [HORROR] Candyman está sendo invocado em novo trailer do longa. Assista!
  4. Tudo o que sabemos sobre ‘How I met your father’ com Hilary Duff

A denunciante diz que Dylan lhe causou «graves danos psicológicos e um trauma emocional». A mulher não informou o valor da indenização que está pedindo. A ação foi apresentada pouco antes da data limite prevista por uma lei do Estado de Nova York, chamada de Child Victims’ Act, que habilita as vítimas de abusos sexuais a denunciarem seus supostos agressores, qualquer que seja a data em que o suposto ato tenha sido cometido.

Bob Dylan já recebeu o Prêmio Nobel de Literatura, em 2016, por «ter criado novas expressões poéticas na grande tradição da canção americana» e é considerado como um dos maiores cantores e compositor de todos os tempos. Dylan estourou no começo da década de 1960, em Nova York, e revolucionou a música folk. Desde então, vendeu mais de 125 milhões de álbuns em todo o mundo.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos