logo
Entretenimento
Foto: Reprodução Instagram @royalfocus1 / Foto: Reprodução Instagram @royalfocus1 /
Entretenimento 24/07/2021

Entenda por que Harry não precisa de permissão da Coroa para escrever sua autobiografia

ntes de tornar o anúncio de sua autobiografia público, o príncipe Harry teria informado à Coroa sobre o livro. Entenda.

Antes de tornar público o anúncio do seu livro, o príncipe Harry teria informado à Coroa britânica, mesmo sem precisar de autorização. Entenda tudo.

Nesta semana, a Penguin Random House, uma das maiores editoras de língua inglesa do mundo, anunciou que o príncipe Harry é seu mais novo autor. O duque de Sussex está escrevendo sua autobiografia, que deve ser lançada no final de 2022. Porém, de acordo informação apurada pela People, o Duque de Sussex informou a notícia antes aos seus familiares, especialmente à sua avó, a rainha Elizabeth II.

Segundo um porta-voz da editora, o príncipe Harry falou em particular com a Coroa sobre a publicação do livro e acrescentou que não se espera que Harry obtenha permissão do Palácio de Buckingham para o projeto.

A editora aproveitou para ressaltar que o valor das vendas do livro e do audiolivro serão doados para instituições de caridade escolhidas pelo príncipe Harry e garantiu que o livro contará a história do duque cobrindo sua infância aos olhos do público, seu serviço ao Exército no Afeganistão, até se tornar marido de Meghan Markle e pai de dois filhos.

O Palácio de Buckingham se recusou a comentar o assunto à People, se limitando a responder em nota: “Qualquer esclarecimento sobre o livro seria uma pergunta para o Duque e para Duquesa de Sussex”.

Leia mais sobre a Família Real britânica:

“Não estou escrevendo isso como o príncipe que nasci, mas como o homem que me tornei”, disse o príncipe Harry em um comunicado. “Usei muitos papéis ao longo dos anos, literal e figurativamente, e minha esperança é que, ao contar minha história, os altos e baixos, os erros, as lições aprendidas, para que eu possa ajudar a mostrar que não importa de onde viemos, temos mais em comum do que pensamos. Estou profundamente grato pela oportunidade de compartilhar o que aprendi ao longo da minha vida até agora e animado para que as pessoas leiam um relato em primeira mão de minha vida que seja preciso e totalmente verdadeiro”, disse Harry.