Social

Homem recebe mais de R$ 900 mil de salário por engano e pede demissão; não quer devolver

Ex-funcionário entregou sua carta de demissão através de um advogado

Homem recebe mais de R$ 900 mil de salário por engano e pede demissão

Qual seria a sua reação se recebesse o equivalente a mais de R$ 900 mil de salário, porém se tratasse de um engano? Se ficou curioso sobre esta pergunta, o caso de um homem chileno viralizou após ele não só receber a quantia, mas também pedir demissão e negar-se a devolver o valor.

De acordo com o detalhado pelo portal Publimetro, o fato ocorreu após um erro na área de recursos humanos da empresa Consorcio Industrial de Alimentos (Cial), que pagou ao ex-colaborador a soma de $ 165.398.851 pesos chilenos.

Vejamos os detalhes do caso do homem que repercutiu

No último dia 30 de maio, o trabalhador, que tinha o cargo de assistente de envios (com salário médio de $500 mil pesos chilenos, aproximadamente R$ 2.966,61), procurou o chefe para informar que havia sido creditado em sua conta um valor totalmente superior ao seu salário.

“Foi informado e esclarecido que esse dinheiro não correspondia ao pagamento de nenhum serviço”, reforça a ação judicial movida pela empresa, na qual destaca que o funcionário deveria gerar uma ordem de pagamento em um banco em nome da empresa.

Inicialmente, o funcionário se comprometeu a realizar a devolução do dinheiro, porém não a fez. E, através de um advogado, ele entregou sua carta de demissão, no último dia 2 de junho de 2022.

Agora, para tentar reaver a soma, a empresa iniciou uma ação judicial contra o ex-funcionário na qual alega apropriação indébita.

Não há atualizações sobre o caso até o momento e nem se o ex-funcionário pretende estabelecer algum tipo de acordo com a organização.

+ LEIA TAMBÉM:

Como era a maior cobra do mundo; ela media 14 metros de comprimento e pesava toneladas

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos