Social

Mistério de mulher, sem memória, encontrada no mar é solucionado

A mulher, que falava inglês perfeitamente, foi encontrada sem memória em meio a rochas de uma ilha na Croácia.

Mistério de mulher, sem memória, encontrada no mar é solucionado

O mistério de uma mulher encontrada coberta de sangue em uma rocha no mar da ilha croata de Krk parece ter sido resolvido. A mulher, de aproximadamente 60 anos, foi vista acenando para um pescador em meio a rochas na região costeira da ilha.

Segundo reportagem do The Mirror, o homem acionou os serviços de emergência que conseguiram resgatar a mulher. Ela não portava passaporte, papéis ou telefone e estava com sinais de desidratação no momento do resgate.

As autoridades disseram que seu estado era tão complexo que até mesmo tomar um gole de água era algo complicado. Além disso, o quadro da mulher também foi agravado ao constatarem que ela sofria de perda da memória.

Seus pertences foram localizados algum tempo depois em uma rocha ao norte do mar Adriático, aproximada a 500 metros do local onde a mulher foi resgatada.

Mulher sem memória é encontrada no mar

Segundo pescador que acionou a emergência, ele já tinha visto a figura misteriosa um dia antes. “Vimos a mulher na praia em uma parte muito inacessível. Pensei que ela estivesse caminhando porque não demonstrou precisar de ajuda. Ela não acenou. Na manhã seguinte nós a vimos no mesmo lugar, o que chamou nossa atenção”.

Graças a divulgação do caso na mídia, pessoas em Los Angeles afirmaram reconhecer a mulher como Daniela Adamcova, uma conhecida joalheira de Hollywood. Suas joias já apareceram em filmes e programas de televisão.

Confira também:

  1. Funcionário de hospital é preso após a descoberta de uma ‘sala para tortura de pacientes’
  2. Filho se recusa a mudar mensagem da lápide do pai, que foi escolhida por sua mãe
  3. Garota cria plano infalível para fazer com que a irmã pare de comer sua comida
  4. Pai processa a escola por cortar o cabelo de sua filha sem consentimento

A joalheira é natural da Eslováquia e já morou no Reino Unido e na Irlanda. Segundo fontes, seu sotaque oscila entre o “inglês” e o leste europeu.

Uma amiga de Daniela, Kelecic Miriam, da Eslováquia que agora mora na Croácia, disse tê-la reconhecido e entrado em contato com a polícia croata. Além de Kelecic, outros amigos de Daniela a reconheceram.

Segundo relato de amigos, a mulher gosta de viajar sozinha. Ainda não foram divulgados maiores detalhes sobre o que aconteceu com Daniela ou sobre como ela foi parar entre as rochas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos