Imigrante cai em poço de 15 metros e passa horas sendo ameaçada por serpente durante travessia ilegal na fronteira dos Estados Unidos

Por Victória Bravo

Uma imigrante equatoriana que tentou cruzar a fronteira para o Estados Unidos ilegalmente viveu momentos assustadores durante a travessia. María Cruz, que ia ao econtro do marido em Nova York, caiu em um poço de cerca de 15 metros de altura perto da cidade de Hebbronville, no sul do Texas.

“Ela me disse que não conseguia se mover porque não sentia as pernas e que estava com muito medo porque uma cobra estava na frente dela”, disse seu marido, Néstor Miguel Rojas, à Telemundo 40.

Ela não foi picada, mas a região possui diversas espécies de cascavel venenosas, sendo algumas delas mortais mesmo após a decapitação.

Rojas disse que a experiência de sua esposa foi dramática e ela estava abalada. Antes de ligar para pedir ajuda para as autoridades e emergência, a mulher ligou para ele, alegando que caiu no poço tentando fugir de alguém a perseguia.

Confira mais:

A mulher ficou gravemente ferida na perna e nas costas e foi para o hospital de helicóptero. Agora, ela permanece sob custódia federal devido a sua condição de imigrante irregular no país.

"Não sei o que vai acontecer com ela", admitiu o marido. Ele acrescentou que espera que María possa ficar no país "pelo menos até que se recupere" e que teme pela sua condição física, pois não sabe se ela voltará a andar.

Loading...
Revisa el siguiente artículo