Foco

Morre homem que apareceu em vídeo sendo queimado por mulher no RJ; autora foi identificada

Polícia diz que vítima era marido da agressora; como não houve flagrante, ela foi ouvida e liberada

Não há informações sobre a prisão dela

O comerciante André Chapeta, de 50 anos, que teve o corpo queimado pela mulher no bairro Jardim América, na Zona Norte do Rio de Janeiro, não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada desta sexta-feira (8). A autora, identificada como Ana Maria Paixão, foi levada para a delegacia mas, como não havia flagrante, foi liberada após prestar depoimento.

O caso é investigado pelo 38º Distrito Policial de Brás de Pina. A polícia diz que pediu a prisão da mulher para a Justiça, mas, até esta manhã, ainda não havia respostas.

Chapeta teve o corpo queimado na madrugada da última segunda-feira (4), em um comércio na Rua Cari Levi. O crime foi registrado por câmeras de segurança do estabelecimento.

ATENÇÃO - imagens fortes a seguir:

O vídeo que circula nas redes sociais mostra quando a mulher entrou no local com uma garrafa nas mãos. Ela caminhou direto na direção do homem, que estava sentado em uma mesa. Eles pareciam trocar algumas palavras, enquanto ela passou a jogar o líquido contra ele. Na sequência, usou um isqueiro para atear o fogo contra o alvo.

O Corpo de Bombeiros confirmou que foi acionado para a ocorrência e que prestou socorro ao homem. Ele foi levado ao Hospital Getúlio Vargas, na Penha, onde ficou internado em estado grave. Porém, não sobreviveu.

O caso segue em investigação. A Polícia Civil diz que ainda apura a motivação do ataque.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos