Foco

Vídeo: menino de 14 acusa segurança de shopping por agressão em SP. “Ele acertou na minha cara, e eu apaguei”, relata o adolescente

No vídeo, é possível notar o adolescente com o nariz sangrando. Ele diz que o segurança questionou o motivo dele ter desligado a escada rolante

Adolescente com nariz sangrando diz ter sido agredido por segurança

Um adolescente de 14 anos que aparece no vídeo a seguir com o nariz sangrando diz ter sido agredido por um segurança do Santana Parque Shopping, Zona Norte de São Paulo. De acordo com relato ao G1, o chefe de segurança deu um soco no seu rosto, quebrou seu nariz e também lhe deu chutes, levando, causando desmaio.

De acordo com a matéria, a agressão foi motivada pelo fato do grupo de amigos terem atirado com uma arma de brinquedo em um gerente de uma loja e em seguida desligaram as escadas rolantes de uma das partes do sopping. Após isso, os garotos passaram a ser perseguidos pelos seguranças.

LEIA TAMBÉM: Professor é demitido de colégio após usar tirinha e ser acusado de ensinar alunos ‘a odiar a polícia’

“Ele veio e perguntou: ‘Quem que desligou a escada rolante?’ Aí eu falei: ‘Não sei quem desligou’. Ele segurou no meu braço, aí começou a me bater”, disse o adolescente. “Me deu um soco, eu devolvi o soco pra tentar me soltar, pra sair correndo. Ele me segurou, derrubou no chão, começou a me encher de bicuda. Ele acertou na minha cara, e eu apaguei”, relata o menino ao portal.

Ainda segundo o texto, a Polícia Militar foi chamada até o local e o segurança foi encaminhado à delegacia. A polícia registrou a ocorrência como lesão corporal e liberou o homem. Já o adolescente foi levado ao hospital, medicado e liberado.

Em nota, o shopping informou ter afastado o segurança. Confira o texto na íntegra:

“O Santana Parque Shopping esclarece que afastou imediatamente o segurança que se excedeu durante atuação com um grupo de adolescentes, na noite da última terça-feira. A administração repudia qualquer ato de violência e admite que nada justifica a agressão sofrida pelo menor envolvido. Em contato com a família do jovem, o shopping se solidarizou e ofereceu a assistência devida. O Santana vem à público reforçar seu pedido de desculpas ao menino e se compromete com a sociedade a concentrar todos os esforços para que atitudes como essa não voltem a acontecer. Esta abordagem não condiz de nenhuma forma com as orientações e boas práticas adotadas pelo shopping e será intensificada em todos os treinamentos de rotina para as equipes de segurança.”

⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅

LEIA MAIS:

São Paulo mantém esquema de vacinação contra múltiplas doenças no sábado e domingo

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos