Foco

Butantan diz que Ministério da Saúde quer comprar 7 milhões de doses da Coronavac

Acordo formal entre as partes ainda deve ser firmado nos próximos dias

Proteção da CoronaVac pode ser menor em pessoas com HIV, diz estudo

O Instituto Butantan informou nesta sexta-feira (21) que o Ministério da Saúde manifestou interesse em adquirir 7 milhões de doses da Coronavac, que serão destinadas a vacinação de crianças de 6 a 11 anos. No entanto, o acordo formal ainda deve ser fechado.

Conforme o Butantan, as doses que devem ser negociadas já estão prontas e serão incluídas no Programa Nacional de Imunização (PNI).

LEIA TAMBÉM:

A aprovação da vacina para a faixa etária, por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ocorreu na quinta-feira (20). Horas depois, o Governo de São Paulo iniciou a vacinação das crianças com o imunizante.

Até ontem, o governo paulista vinha afirmando que o Ministério da Saúde ainda não havia demonstrado interesse em adquirir doses da Coronavac, mas dizia estar disponível para essa negociação.

Logo após a liberação da Anvisa, o governador João Doria (PSDB) criticou a postura do Ministério da Saúde em relação ao uso da Coronavac em crianças.

“Temos um ministro que não gosta de saúde, não respeita a vida. Ele aplaude a morte. Aqui em São Paulo aplaudimos a vida, respeitamos a medicina, a ciência. Lamentamos as declarações que ele tem feito a favor do negacionista Jair Bolsonaro”, disse o governador paulista.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos