Foco

Cidades do Grande ABC decidem manter obrigatoriedade do uso de máscaras até o fim do ano

Prefeitos decidiram que, mesmo com indicadores em queda, ainda é preciso de proteção em ambientes abertos e fechados

Os prefeitos das sete cidades que integram o Consórcio Intermunicipal Grande ABC decidiram, em reunião na segunda-feira (8), manter a obrigatoriedade do uso de máscaras para prevenir a covid-19 até o fim deste ano. A medida vale tanto para os ambientes abertos, quanto fechados.

Participaram do encontro os representantes de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Eles votaram a questão e, por unanimidade, decidiram manter o uso das máscaras.

LEIA TAMBÉM:

Segundo o consórcio, mesmo com os indicadores sinalizando tendência de queda da pandemia na região, os prefeitos entendem que ainda é imprescindível a proteção e o cumprimento dos protocolos sanitários.

“A preocupação dos prefeitos é que a região não corra nenhum risco. O objetivo é manter a tendência de queda bastante acentuada nos indicadores da pandemia, ao mesmo tempo em que temos uma taxa de vacinação alta”, afirmou o presidente do consórcio e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB).

A questão deve ser reavaliada em uma nova reunião no início do ano que vem.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos