logo
Foco
/ Reuters / Reuters
Foco 18/08/2021

Coronavac é eficaz contra casos graves da variante delta, mostram estudos

Pesquisadores concluíram ainda que a imunização total com duas doses foi 69,5% eficaz para prevenir pneumonia

Por : Metro World News

O governador de São Paulo, João Doria (PDDB), apresentou nesta quarta-feira (dia 18), durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, estudo feito por pesquisadores do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da província de Cantão, na China, que demonstra que a CoronaVac evita em 100% o desenvolvimento de casos graves de covid-19 causados pela variante delta.

As descobertas constam no artigo “Effectiveness of Inactivated COVID-19 Vaccines Against Covid-19 Pneumonia and Severe Illness Caused by the B.1.617.2 (Delta) Variant: Evidence from an Outbreak in Guangdong, China”, publicado em uma plataforma vinculada à revista The Lancet.

Leia também:

SP anuncia antecipação da vacina Pfizer, mas pede que Ministério da Saúde entregue mais doses

Hoje é dia de Mega-Sena de R$ 34 milhões

Estudantes têm até hoje para se inscrever na lista de espera do ProUni

Os pesquisadores concluíram ainda que a imunização total com duas doses foi 69,5% eficaz para prevenir pneumonia, um dos desdobramentos mais graves da covid-19. Entre os não vacinados, houve 85 casos (1,44%); entre os vacinados com uma dose, 12 casos (1,42%); e entre os vacinados com duas doses, cinco casos (0,35%).

Quanto aos casos críticos da doença, não houve incidência entre os vacinados. Já entre os não vacinados, houve 19 casos graves ou críticos.

O estudo envolveu 10.813 pessoas e foi realizado em maio e junho de 2021, durante um surto da variante delta.

Em todo o Brasil, já foram registrados mais de 700 casos da variante delta, identificada em 14 Estados e no Distrito Federal. Por aqui, a variante dominante ainda é a gama (P.1, amazônica).