logo
Por enquanto, porém, só comércio essencial pode abrir ao público / Rovena Rosa/Agência Brasil
Foco 16/04/2021

São Paulo anuncia relaxamento nas medidas de restrição e reabertura do comércio

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (16) o relaxamento das medidas de restrição da fase vermelha e a reabertura do comércio, igrejas, salões de beleza, academias e serviços em todo estado.

A reabertura será realizada em duas fases e terá uma regra única para todo o estado. A partir deste domingo (18), o comércio tem autorização para reabrir entre 11h e 19h. As igrejas também reabrem, mas com restrições e medidas de proteção. Todos os estabelecimentos não poderão ultrapassar o limite de 25% de ocupação.

No próximo sábado (dia 24), a reabertura é estendida para restaurantes e afins, salões de beleza, barbeiros e atividades cultuais, também das 11h às 19h, e academias, das 7h às 11h e das 15h às 19h.

LEIA TAMBÉM:

Vídeo chocante mostra garoto de 13 anos sendo baleado e morto pela polícia nos EUA

Vídeo mostra Mike Tyson nocauteando lutador com um soco direto no queixo

Homem com rifle invade empresa nos EUA e mata oito pessoas

As novas medidas do plano de transição também permitem a reabertura e parques, clubes e museus em São Paulo, mas com restrição de ocupação de 25% da capacidade máxima.

O toque de recolher noturno continuará em vigor e o governo voltou a solicitar que os empresários façam escalonamento de horário entre seus funcionários para evitar aglomerações no transporte público.

Taxa de ocupação de leitos

De acordo com dados apresentados pelo secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, o índice de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) caiu quase 10% desde que foram implementadas as medas mais restritivas de isolamento social.

Atualmente,  a taxa de ocupação dos leitos está em 85,3% no estado e 83,3% na Grande São Paulo, com 11.756 pacientes internados em UTIs e 13.307 em enfermarias.

Vacinação

O governo anunciou na última quarta-feira o início da vacinação contra covid-19 para idosos entre 60 e 64 anos no estado.

A faixa de 63 a 64 anos começa a ser vacinada no dia 29 de abril, com um público estimado em 840 mil pessoas. Já idosos de 60 e 62 anos, cerca de 1,4 milhão de pessoas, iniciam a vacinação no dia 6 de maio.

Segundo a coordenadora-geral do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula, o governo estuda inclui já na próxima faixa de vacinação as pessoas com comorbidades e doenças crônicas, dependendo da oferta de vacinas.